fbpx

11ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte

A 11ª edição da Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte, ou simplesmente CineBH, teve o tema Cinema de Urgência. Produzido pela Universo Produções, que também organiza as mostras de cinema de Tiradentes e de Ouro Preto, o evento selecionou 101 filmes de seis estados brasileiros e de mais 15 países. Foram exibidos um total de 41 longas-metragem, um média-metragem e 59 curtas.

A programação incluiu ainda exposições, seminários, apresentações artísticas e shows. Todas as atividades foram abertas ao público e gratuitas.

A Mostra CineBH surgiu em 2007 com a proposta de criar para a capital do estado um evento representativo. O evento surgiu também da preocupação com o fato de que os filmes exibidos na Mostra de Cinema de Tiradentes não estavam tendo visibilidade em Belo Horizonte e no restante dos municípios mineiros.

Para ampliar o alcance do evento, que foi crescendo ano a ano, a mostra vem investindo cada vez mais em uma programação descentralizada. Neste ano, as atividades ocorrem em dez espaços distintos de Belo Horizonte, entre eles o Teatro Sesiminas, o Sesc Palladium, o Cine Theatro Brasil Vallourec, o Cine Santa Tereza e as praças da Estação e Duque de Caxias.

A CineBH tem ainda como objetivo potencializar o mercado audiovisual brasileiro, possibilitando o intercâmbio de profissionais e dando visibilidade a novos autores, atores e outros talentos. Também com essa preocupação, foi criada em 2009 o Brasil Cinemundi, um evento que chega a sua oitava edição e ocorre simultaneamente com a CineBH. Trata-se de um encontro internacional de coprodução, que reúne representantes da indústria mundial com interesse em coproduzir com o Brasil e conhecer pessoalmente projetos que muitas vezes não chegam até eles.

Outro evento que também dialogou com a CineBH e compartilhou a programação foi o MAX – Minas Gerais Audiovisual Expo. Realizado pela primeira vez no ano de 2016 por meio de parceria entre o governo de Minas Gerais e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), ele busca oferecer oportunidades de negócios, fortalecer a cadeia produtiva do audiovisual e aumentar a competitividade da indústria criativa no estado.

O principal homenageado da 11ª CineBH foi o ator, crítico e cineasta francês Pierre León, que recebeu um troféu simbólico. Com uma vasta produção independente no currículo, sua obra é praticamente desconhecida do público brasileiro. Com o objetivo de divulgar este trabalho, foi incluído na programação uma retrospectiva com 14 filmes do cineasta, quase todos inéditos no Brasil.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.