fbpx

48º Festival de Cinema de Gramado

Selecionados

:: Longas-metragens brasileiros ::

Aos Pedaços, de Ruy Guerra
King Kong em Asunción, de Camilo Cavalcante
Me chama que eu vou, de Joana Mariani
O Samba é Primo do Jazz, de Angela Zoé
Por que você não chora?, de Cibele Amaral
Todos os Mortos, de Caetano Gotardo e Marco Dutra
Um Animal Amarelo, de Felipe Bragança

:: Longas-metragens estrangeiros ::

Dias de Inverno, de Jaiziel Hernández (México)
El Gran Viaje al País Pequeño, de Mariana Viñoles (Uruguai)
El Silencio del Cazador, de Martin Desalvo (Argentina)
La frontera, de David David (Colômbia)
Los Fuertes, de Omar Zúñiga (Chile)
Matar a un Muerto, de Hugo Giménez (Paraguai)
Tu me manques, de Rodrigo Bellott (Bolívia)

:: Curtas-metragens Brasileiros ::

Atordoado, Eu Permaneço Atento – Rio de Janeiro
15’ – Documentário
Direção: Henrique Amud & Lucas H. Rossi dos Santos
Sinopse: O jornalista Dermi Azevedo nunca parou de lutar pelos direitos humanos e agora, três décadas após o fim da ditadura, assiste ao retorno das práticas daquela época.
Blackout – Rio de Janeiro
18’51’’ – Ficção
Direção: Rossandra Leone
Sinopse: Em um Rio de Janeiro futurista nada parece ter mudado. Abuso de autoridade, violações de direitos, racismo e machismo ainda dão o tom da relação do poder público com a favela. Dessa vez, entretanto, algo parece estar para mudar.
Dominique – Rio de Janeiro
19’ – Documentário
Direção: Tatiana Issa, Guto Barra
Sinopse: Em uma ilha na foz do rio Amazonas, conhecemos Dominique, cuja mãe criou sozinha três filhas transexuais. No caminho para visitar a mãe, Dominique relembra os tempos de prostituição e brutalidade policial que sobreviveu devido ao amor incondicional de sua mãe.
Extratos – São Paulo
8’ – Documentário
Direção: Sinai Sganzerla
Sinopse: Extratos é um curta-metragem com imagens entre o período de 1970 até 1972 nas cidades do Rio de Janeiro, Salvador, Londres, Marrakech, Rabat e a região do deserto do Saara. As imagens foram filmadas por Helena Ignez e Rogério Sganzerla no exílio, nos anos de chumbo.
Inabitável – Pernambuco
19’ – Ficção
Direção: Matheus Farias, Enock Carvalho
Sinopse: O mundo experimenta um fenômeno nunca antes visto. Marilene (Luciana Souza) procura por sua filha Roberta, uma mulher trans que está desaparecida. Enquanto corre contra o tempo, ela descobre uma esperança para o futuro.
Joãosinho da Goméa – O Rei do Candomblé – Rio de Janeiro
14’24’’ – Documentário experimental
Direção: Janaina Oliveira ReFem e Rodrigo Dutra
Sinopse: O filme apresenta Joãosinho da Goméa como narrador principal de sua história. Com músicas cantadas por ele, performances provocadoras e arquivos diversos que ressaltam o quanto ele é importante para as religiões de matriz africana. A Rainha Elizabeth II disse que se o candomblé tivesse um rei, esse seria Joãosinho da Goméa, o Rei do Candomblé.
O Barco e o Rio – Amazonas
17’12’’ – Ficção
Direção: Bernardo Ale Abinader
Sinopse: Vera é uma mulher religiosa que cuida de uma embarcação no porto de Manaus. Ela precisa lidar com a irmã Josi com quem diverge em relação a como lidar com o barco e sobre como viver a vida.
4 Bilhões de Infinitos – Minas Gerais
15’ – Ficção
Direção: Marco Antonio Pereira
Sinopse: Brasil. 2020. Após a morte do pai, uma família vive com a energia de casa cortada. Enquanto a mãe trabalha, seus filhos ficam em casa conversando sobre ter esperança.
Receita de Caranguejo – São Paulo
19’45’’- Drama
Direção: Issis Valenzuela
Sinopse: Após a morte do pai, Lari e sua mãe vão passar alguns dias na praia. Elas resolvem cozinhar caranguejos. E os bichos, aos poucos, transformam-se em seres luminosos.
Remoinho – Paraíba
12’27” – Ficção
Direção: Tiago A. Neves
Sinopse: Após um longo período de afastamento, Maria retorna à casa de sua mãe. Ela está decidida sair do remoinho que a fez voltar.
Subsolo – Rio Grande do Sul
8’ – Animação / Comédia
Direção: Erica Maradona e Otto Guerra
Sinopse: Três amigos frequentam diariamente a mesma academia em busca de seus ideais de corpos. Apesar de assíduos, convivem com os frustrantes deslizes que acontecem longe das esteiras, fazendo girar as engrenagens de um ciclo interminável.
Trincheira – Alagoas
14’40” – Ficção
Direção: Paulo Silver
Sinopse: Num aterro de lixo, um garoto observa o imponente muro de um condomínio de luxo. Gabriel usa de sua imaginação para construir seu mundo fantástico.
Você tem olhos tristes – São Paulo
17’50’’- Ficção
Direção: Diogo Leite
Sinopse: Luan trabalha como bikeboy de aplicativo e enfrenta dilemas e preconceitos na sua jornada diária de entregas em uma cidade grande. Sem hesitar, sonha com um futuro melhor.
Wander Vi – Distrito Federal
19’56” – Documentário
Direção: Augusto Borges e Nathalya Brum
Sinopse: Wanderson Vieira é um músico da cidade de Samambaia e nesse curta documentário, nos conta um pouco como concilia seu trabalho noturno e ensaios de dança, com criar sua carreira, lançando seu pseudônimo Wander Vi, para alcançar seu sonho.

:: Mostra Curtas-metragens Gaúchos ::

Bochincho – O Filme – Porto Alegre – 17’37’’ – Direção: Guilherme Suman
Baseado no conhecido poema de Jayme Caetano Braun, Bochincho, O Filme conta a história de um velho homem que, ao lado de parceiros de lida, evoca suas lembranças de um pitoresco episódio de seu passado no Rio Grande do Sul.
Construção – Pelotas – 16’ – Direção: Leonardo da Rosa
Sinopse: Após ser despejada de sua casa, Andréia volta anos depois para a comunidade da Getúlio Vargas com seus filhos Augusto, Gustavo e Bruno. Com a ajuda deles ela inicia a construção de sua casa própria.
Corpo Mudo – Santa Cruz do Sul – 13’02’’ – Direção: Marcela Schild
Sinopse: Diretora, que sonhava em ser astronauta na infância, visita o universo de outras mulheres para tentar entender o que criou um buraco negro em cada uma.
Desencanto, de Richard Tavares
Deserto Estrangeiro – Porto Alegre – 23’ – Direção: Davi Pretto
Sinopse: Um jovem brasileiro, que recém começou a trabalhar em uma imensa floresta em Berlim, é arrastado para um pesadelo envolvendo o passado colonial alemão quando tenta encontrar uma garota perdida na mata.
Dois Homens ao Mar – Porto Alegre – 16’47’’ – Direção: Gabriel Motta
Sinopse: Ao deixar o Brasil, César conhece Martin em um café vazio de Tallinn, na Estônia. Em frente aos dois homens, apenas o incerto infinito do mar.
Fragmentos ao Vento 1945, Ulisses Da Motta
Lacrimosa – Porto Alegre – 11’40’’ – Direção: Matheus Heinz
Sinopse: Assombrada pela memória do irmão falecido, menina revisita os acontecimentos que levaram seus pais a abandoná-la aos cuidados da avó. Sob a ótica infantil, inocência e culpa colidirão na sua tentativa de alcançar a verdade.
Letícia Monte Bonito 04, de Julia Regis
Magnética – Porto Alegre – 16’20 – Direção: Marco Arruda
Sinopse: Em uma cidade habitada por seres desenhados, um garoto indígena testemunha uma aparição holográfica. É a chegada de uma entidade de materialidade desconhecida. Com uma presença misteriosa e alegorias exóticas, ela passa a encantar os moradores, despertando os seus sentidos mais insanos.
O Céu da Pandemia – Porto Alegre – 5’15’’ – Direção: Marina Kerber
Sinopse: Eu achei que era um sonho. Não tinha ninguém na rua e eu tava sozinha. Todos os dias são iguais, mas hoje é meu aniversário.
O Luto Impossível – Porto Alegre – 4’10’’ – Direção: Bruno Carboni
Sinopse: A pandemia e o isolamento social me fizeram voltar a sonhar com meu pai. Sua visita me fez retornar ao seu antigo HD e nele encontrar surpresas em meio à fotografias e vídeos da família.
O Que Pode um Corpo? – Bagé – 14’44’’ – Direção: Victor Di Marco e Márcio Picoli
Sinopse: Um bebê nasce, mas não chora. Um corpo grita e não é ouvido. As tintas que escorrem em um futuro prometido, não chegam em uma pessoa com deficiência. Victor faz de si a própria tela em um universo de pintores ausentes.
Pra ficar perto – Sapucaia do Sul – 6’24’’ – Direção: Lucas dos Reis
Sinopse: para estar junto não é preciso estar perto. Para Rafa, é.
Quando te Avisto – Santa Maria – 24’46 – Direção: Denise Copetti e Neli Mombelli
Sinopse: O que acontece quando dois olhares se cruzam? E se esses olhares compartilham de um mesmo espaço, mas se constituem em mundos próprios? O que afasta e aproxima indígenas e não indígenas?
Sopa Noir – São Leopoldo – 10’37’’ – Direção: Beatrice Petry Fontana
Sinopse: Detetive Berinjela investiga o assassinato de Chuchu. Na tentativa de prender o responsável pelo crime, Detetive interroga quatro suspeitos e meio, sem saber que o verdadeiro culpado estava bem embaixo de suas raízes.
Teste de Elenco – Porto Alegre 19’59 Direção: Marcos Kligman e Mariany Espíndola Sinopse: Estudantes de atuação foram convocados para um teste de elenco. O que eles não sabiam é que o teste já era o filme. Teste de elenco se propõe a testar o “Método” de Stanislavski e debater sobre a verdade x realidade nas atuações.
Um Pedal – Canoas – 23’08’’ – Direção: Alexandre Derlam
Sinopse: Nicolas Berghan percorre caminhos inóspitos, com apenas um pedal da sua inseparável bicicleta. Em suas cicloviagens, ele narra suas experiências, percepções do mundo, liberdade de escolha e inclusão. Indiferente das condições físicas ou distâncias, Nicolas é um viajante agradecido.
Ver a Vista – Porto Alegre – 3’ – Direção: Daniel de Bem
Sinopse: Durante áudio para minha mãe percebo um ciclo onírico entre memórias que alimentam sonhos a partir de reencontros com imagens que evocam a consciência e a performance da passagem do tempo. Revivo e transformo um momento com meu pai, morto há quase 20 anos.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.