fbpx

A Hora da Estrela (1985)

Sinopse

Macabéa leva uma vida simples e sem grandes emoções. Começa a namorar Olímpico de Jesus, que não vê nela chances de ascensão social de qualquer tipo. Assim sendo, abandona-a para ficar com Glória (colega de trabalho), cujo pai era açougueiro, o que sugeria ao ambicioso nordestino a possibilidade de melhora financeira.

Sentindo dores constantes, Macabéa vai ao médico e descobre que tem tuberculose, mas não conta a ninguém. Glória percebe a tristeza da colega e a aconselha a buscar consolo numa cartomante. Madame Carlota prevê um futuro feliz, que viria de um estrangeiro assim que a nordestina saísse daquela casa. De certa forma, é o que acontece: ao sair da casa da cartomante, Macabéa é atropelada por um homem que dirigia um luxuoso Mercedes-Benz e acaba morrendo.

Esta é a sua hora da estrela, momento de libertação para alguém que, afinal, vivia numa cidade toda feita contra ela.

Elenco

José Dumont …. Olímpico de Jesus
Fernanda Montenegro …. Madame Carlota, a cartomante
Tamara Taxman …. Glória
Umberto Magnani …. seu Raimundo
Denoy de Oliveira …. Pereira
Sônia Guedes …. Dona Joana
Cambraia, Carlos
Rezende, Cláudia
Queiroz, Cleide
Militelo, Dirce
Araujo, Dirceu
Freire, Ednaldo
Soares, Esther
Gonçalves, Elza
Martins, Eurico
Pinheiro, Israel
Negreiros, Lizete
Ribeiro, Luiz Carlos
Biff, Magaly
Aranha, Manoel Luis
Soares, Maria do Carmo
Bortoletto, Marli
Buffa, Maurício
Martinez, Miro
Borges, Nilton
Freitas, Paulina de Souza
Matos, Raimundo
Rezende, Reinaldo
Facchini, Roney
Rollo, Rubens
Marcondes, Úrsula
Walter Filho
Santini, Zanny

Apresentando:
Marcélia Cartaxo …. Macabéa

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de A hora da estrela (1985) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Suzana Amaral
Roteiro: Suzana Amaral e Oroz, Alfredo
Estória Baseada na novela de Clarice Lispector;
Assistência de direção: Bahiense, Sylvia
Assistência de continuidade: Giecco, Alberto
Direção de produção: Bandeira, Eliane
Produção executiva: Hernandes, Assunção
Produtor associado: Suzana Amaral, Rezende, M. A.; Amaral, Nadya Abreu; Soares, Esther; Costa, Plínio
Assistência de produção: Ionescu, Maria Madalena Vargas
Direção de Fotografia: Edgar Moura
Câmera: Edgar Moura, José Roberto Eliezer e Gualter Limongi Batista
Assistência de câmera: Silveira, Breno; Quaggio, Ronaldo; Rocha, Lito Mendes da e Kátia Coelho
Fotografia de cena: Gualter Limongi Batista
Trucagens: Paulo Schettino | Estúdio 786
Eletricista: Luna, Tião; Finizola, Wildemilson
Maquinista: Lampa, José Carlos
Auxiliar de maquinista: Nascimento, José Alves do
Som direto: Borges, Tide
Mixagem: Sasso, José Luiz
Som guia: Guimarães, Tide Borges
Montagem: Lacreta, Idê
Assistente de montagem: Galvão, Lula
Figurinos: Clóvis Bueno
Cenografia: Clóvis Bueno
Letreiros: Kinco
Assistencia de cenografia: Abreu, Ana Mara; Steen, Léa Van; Folla Jr., Renato
Montagem de cenário: Rodrigues, Aurino F.
Maquiagem: Lombardi, Maria Antonia
Guarda-roupeira: Kawamura, Marico
Arranjos musicais: Vinicius, Marcus
Música: Vinicius, Marcus
Companhia Produtora: Raíz Produções Cinematográficas
Companhia(s) produtora(s) associada(s): Spectrus | São Paulo Nikkey Palace Hotel | Sky Light
Companhia Distribuidora: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.
Financimento/patrocínio: Energia de São Paulo Administração Unificada; Eletropaulo; Associação Brasileira de Criadores de cavalo Árabe

Dados adicionais de música
Regente Maestro: Vinicius, Marcus

Prêmios

Melhor atriz para Cartaxo, Marcélia no Festival de Berlim, 36, 1986..
Melhor filme; Melhor direção; Melhor roteiro; Melhor ator para Dumont, José; Melhor atriz para Cartaxo, Marcélia; Melhor montagem; Melhor fotografia; Melhor cenografia; Melhor trilha sonora; Melhor filme do júri popular; Prêmio especial da crítica no Festival de Brasília, 18, 1985, Brasília – DF..
Troféu Jangada no OCIC – Organização Católica Internacional de Cinema.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/Ficha Filmográfica
CB/FIBRA
CCSP/LMP
Embrafilme/Lista 86
Concine/85*
Programadora Brasil/5

Fontes consultadas:

Livros:
LISPECTOR, Clarice. A Hora da Estrela. : Rocco, 2017.
PAIVA, Carla Conceição da Silva. Feminismo no Cinema Brasileiro da Década de 80. Salvador: EdUneb, 2019.

Internet:
ANCINE. Disponível em: http://sad.ancine.gov.br/obrasnaopublicitarias/pesquisarCpbViaPortal/pesquisarCpbViaPortal.seam. Acesso em: 13.11.2017.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. A Hora da Estrela. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/a-hora-da-estrela/
JLS/site, acessado em 22.06.2007

Observações:
Programadora Brasil/5 informa que a obra participa do Programa 14, intitulado A hora da estrela.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.