fbpx

A Hora Mágica (1998)

Sinopse

Existe um momento do dia, logo após o pôr-do-sol, em que a luz solar ainda não desapareceu de todo e o negativo cinematográfico ainda tem sensibilidade suficiente para captar as imagens e que é usado para filmar de dia, com luz natural, criando um efeito noturno. Este momento, muito curto do dia, é chamado em cinema pelo apelido técnico de hora mágica. É a magia desse instante misterioso e fugaz que o filme pretende exprimir através de uma estória que pesquisa os limites da imaginação e da realidade, da verdade e da ilusão.

O filme é inspirado no conto Cambio de Luces, de Júlio Cortázar. Sua ação é centrada numa emissora de rádio que começa a se transformar para ser também uma emissora de televisão. O personagem Tito Balcárcel acredita que pode mudar a realidade modificando a luz que incide sobre ela.

Em 1950, a Rádio Brasil (RB) recebe seus artistas para algumas dublagens, outros tantos comerciais e, principalmente, interpretar seus papéis na radionovela Um Assassino Está Entre Nós. Tito Balcárcel dá voz às peripécias do galã em filmes de gêneros variados ao lado da estrela Lyla Van e interpreta o mordomo Matias, ele vive às voltas com suas fantasias folhetinescas até apaixonar-se por Lúcia. Jovem ambiciosa, indiretamente envolvida num crime, ela colocará o romântico Tito no centro de uma teia rodeada de pequenos mistérios. Som e imagem apontam um caminho nada comum nas diferentes histórias vividas pelo protagonista de A Hora Mágica.

A relação entre o mundo real e o mundo recriado pelo cinema está presente também em A Dama do Cine Shanghai, outro filme de Guilherme de Almeida Prado. Essa mesma fórmula é aplicada pelo diretor em A Hora Mágica. Nestes dois longas, Guilherme de Almeida Prado propõe ao espectador analisar, através da linguagem do cinema, os valores de duas diferentes linguagens de veículos de comunicação de massas: o rádio e a televisão.

O Filme A Hora Mágica tem duração de 103 minutos e possui no elenco atores como Júlia Lemmertz, Raul Gazolla, Maitê Proença, José Lewgoy, Paulo Sousa, John Herbert, David Cardoso, Tânia Alves, Patrícia Travassos, entre outros.

Elenco

Júlia Lemmertz …. Lucia
Raul Gazolla …. Tito
Maitê Proença …. Lyla Van e Suzana
José Lewgoy …. Max, Hilário e Diretor
Paulo Sousa …. César Massimo e Vizinho
John Herbert
Rollo, Rubens (Gangster 1)
Todaro, Nivaldo (Gangster 2)
Levy, Milton (Locutor)
Mello, Silvia (Locutora)
Lessa, Adriana (Raquel)
Barreto, Raul (Múmia)
Putomatti, Ricardo (Diretor de fotografia)
Saltini, Fábio (Assistente de direção)
Almeida, Amaziles (Cantora)
Seretielo, Debora (Cantora)
Thedy, Cristina (Cantora)
Lima, Daniela (Continuista)
Lima, Eduardo (Capanga)
Azevedo, Clovis (Capanga)
Souza, Nicéia Barbosa de (Maquiadora)
Lopomo, Claudio (Arquivador)
Rossi, Luís Carlos (Carregador)
Inês, Maria (Pianista)
Silva Filho, Edu (Mixador)
Mariano, Carlos (Mixador)
Seabra, Paulo (Locutor)
Serra, Marcos (Técnico som)
Mancini, Eduardo (Técnico de tv)
Santana, Gilberto (Técnico de tv)
Germano, Toni (Cenotécnico)
Trestini, Gustavo (Espectador)
Arduim, Roberto (Policial)
Reinecke, Alexandre (Policial)
Santucci, Sidney (Policial)
Pond, David (Chinês da confeitaria)
Cavalieri, Angelo (Garçom)
Fiuza,Conceição (Freguesa)
Vidal, Jorge (Freguês)
Moraes, Lourdes de (Freguesa)
Molina, Antonio (Projecionista)
Longhini, Tatiana (Lanterninha)
Fonseca, Gessy
Cury, Muibo César (Participante da novela das dez)
Leitão, César (Participante da novela das dez)
Sanz, Daoiz C. (Participante da novela das dez)

Participação especial:
David Cardoso …. Dedlegado Bandeira
Tânia Alves …. Lilia Cantarelli
Patrícia Travassos …. Josefa
Reis, Imara (Angelita)
Breda, Walter (Marques)
Mastrangi, Matilde (Cantora)
Dias, Lineu (Marconi)
Magrini, Oscar (Chico Viola)
Aguiar, Lia de(Glaura)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de A Hora Mágica (1998) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Guilherme de Almeida Prado
Roteiro: Guilherme de Almeida Prado
Estória Baseada no conto Cambio de luces, de Julio Cortazar
Assistência de direção: Coimbra, Vinicius Gentil; Arantes, Kaike
Continuidade: Pralon, Ângela
Story-board: Knudsen, Tadeu
Produção: Silveira, Sara; Prado, Guilherme de Almeida
Direção de produção: Lima, Célia; Apetz, Cláudia
Produção executiva: Silveira, Sara
Produtor associado: Hernandez, Assunção
Assistência de produção: Ramos, Guiomar Pessôa; Alves Jr., Mario; Vale, Edna Vale; Villar, Bianca; Paula, Marcelão de
Direção de Fotografia: Jean-Benoit Crèpon
Câmera: Ionescu, Pedro
Assistência de câmera: Duran, Daniel R.; Langeani, Marcelo; Braga, Roberto de Mendonça
Fotografia de cena: Coster, Eliane
Trucagens: Böhm, Rudi; Gomes, Wanderlei
Chefe eletricista: Adalberto – Dadá
Assistente de eletrecista: Chagas; Jimy; Severino, Valter Alemão
Maquinista: Marques, Julinho G.
Auxiliar de maquinista: Silva, Humberto; Severino, Valter Alemão; Chagas
Direção de Arte: Luis Rossi
Figurino: Andréa Velloso
Cenografia: Soares, Leo
Assistencia de cenografia: Barros, Valdir
Contra-regra/acessórios de cenografia: Miranda; Vieira, Fernando César
Montagem de cenário: Garcia, Ricardo; Silva, Edson da; Garcia, Juan; Garcia, Mario Eduardo; Isaac, Helio Otavio; Isaac, Everson; Carmo, Cassiano Barbosa do
Produção de cenografia: Chedieck, Lucia; Fernandes, Val
Cabelereiro: Castilho, Maria
Maquiagem: Lazzarini, Vera
Costureira: Lima, Judite de; Marta; Castro, Zezé de
Adereços: Roodi, Charles; Ribeiro, Marcio; Quintiliano, Mario; Galvão, André Luis; Brando, Fábio; Rossi, Luís; Sacay, Inês
Produção de figurinos: Maldonado, Gaby Gisele; Liu, Eliana
Assistência de figurino: Moretto, Giovanna
Som direto: Oliveira, Lício Marcos de
Mixagem: Sasso, José Luiz; Adelmo, Luiz; Chiarini, Ana; arneiro, Newton
Ruídos de sala: Sasso, José Luiz; Goulart, Walter
Operador de microfone: Aragó, Felipe
Montagem: Cristina Amaral
Edição: Sasso, José Luiz
Assistente de montagem: Mariz, Joana; Rabczuk. Nathalia; Ortiz, Joana
Montagem de som: Sasso, José Luiz; Adelmo, Luiz; Chiarini, Ana
Arranjos musicais: Ayres, Nelson
Música: Hermelino Neder
Produção musical: Hermelino Neder e Newton Carneiro
Empresa de figuração: Leni’Art; Alvarenga, Lenir; Melo, Agnaldo; Sterphesson, Marcelo; Good Look; Martin, Denise; Ruzene, José; Pozzo, Débora; Gohnaim, Fátima; Fascinio; Abreu, Salete de; Santos, Nilton; Barbosa, Nicéia
Motorista: Lotito, Rogério; Lotito, Romeu; Bueno, Ricardo; Condidório, Donizete; Lima, Abimael; Lotito, Carla
Companhia Produtora: Star Filmes Ltda.
Companhia Produtora Associada: Raiz
Distribuição: Riofilme

Financiamento/Patrocínio:
Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo; TV Cultura – Fundação Padre Anchieta; Secretaria do Estado da Cultura de São Paulo; Ministério da Cultura; Banespa; BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social; Nossa Caixa Nosso Banco; Caixa Econômica Federal

Brasil | Drama | cor | 103 min. | 1998

Dados adicionais de música:
Regente Maestro: Carneiro, Newton

Orquestração: Hermelino Neder;

Orquestra: Orquestra de Cordas Academia Paulista de Cordas

Instrumentista: Amato, Luiz – Violino solo; Ortiz, Júlio – Violoncelo; Mincov, Marcos – Oboé e Corne Inglês; Silveira, Mané – Saxofone alto, tenor e soprano e flauta transversal e Montanha – Clarinete e Clarone

Orquestração: Carneiro, Newton

Canção
Título: Olhos de Cilion;
Autor da canção: Hermelino Neder; Ayres, Nelson e Prado, Guilherme de Almeida;
Intérprete: Boesen, Marco;

Título: Abandono;
Autor da canção: Brito, Nazareno de e Barros, Presyla;
Intérprete: Alves, Tania;

Título: Marchinha da TV;
Autor da canção: Hermelino Neder e Prado, Guilherme de Almeida;
Intérprete: Walther, Zuleika;

Título: Chiquita Bacana;
Autor da canção: Barro, João de e Ribeiro, Alberto;
Intérprete: Walther, Zuleika;

Título: Pierrot apaixonado;
Autor da canção: Rosa, Noel Medeiros e Prazeres, Heitor dos;
Intérprete: Walther, Zuleika;

Título: Noite
Autor da canção: Sampaio, Raul
Intérprete: Alves, Tania

Instrumentista: Ayres, Nelson – Piano, sintetizadores; Bellinati, Paulo – Violão, cavaquinho; Azevedo, Nailor – Proveta, Saxofone, clarinete; Oliveira, Nahor – Trumpete; Lima, François de – Trombone; Ferragutti, Toninho – Acordeon; Cáceres, Pocho – Bandoneon; Rabello, Luiz Guilherme – Percussão; Wajnrot, German – Violino; Jaffé, Marcelo: – Viola; Gargano, Nadir – Coro; Souza, Cidinha de – Coro e Kfouri, Maria Rita – Coro

Locação: Edifício da Caixa Econômica Federal – SP; Estúdios da Vera Cruz; Cine Marrocos – SP

Bibliografia

Fontes de Referência

Fontes utilizadas:

CB/Transcrição de letreiros-Cat
CBMC/1994-1998, p. 146-7
Press-sheet
FBR/31
Riofilme/site acesso em 2003
Fontes consultadas:
JLS/site, acessado em 22.06.2007

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. A Hora Mágica. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/a-hora-magica/

Observações:

Riofilme/site informa: distrinuição em cinema da Riofilme.
Participou do 31º Festival de Brasília, 1998>, Brasília – DF.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

3 comentários sobre “A Hora Mágica (1998)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.