fbpx

A Lenda de Ubirajara (1975)

Sinopse

Jaguaré, filho de Camacã, chefe da nação Araguaia, quer conquistar um nome de guerra, o que só conseguirá se vencer um inimigo poderoso. Para isso, ele vagueia pela floresta, onde encontra Araci – filha de Itaquê, cacique da nação Tocantins – esse apaixona-se por ela, esquecendo a noiva Jandira. Num combate formidável, Jaguaré vence Pojucã, guerreiro tocantins, que é levado prisioneiro para merecer a morte dos valentes. Enquanto isso, Jaguaré penetra na taba dos tocantins como hóspede, para enfrentar as provas de amor e merecer a mão de Araci. Ele as vence todas, mas quando se identifica como Ubirajara, nome que conquistou por vencer Pojucã, Itaquê manda-o embora para enfrentar os tocantins numa guerra de honra. Ubirajara faz um acordo: rechaça os tapuias, que ameaçam os tocantins e estabelece a paz com a nação de Araci, com quem finalmente se casa, fundando a grande nação dos Ubirajaras.

Ambientado numa indefinida Idade do Ouro, antes da chegada dos brancos ao Planalto Central. No final, índios de hoje, miseráveis, perambulando pela Praça dos Três Poderes.

Elenco

Alves, Tarcísio José (Ubirajara)
Miranda, Ana Maria (Jandira)
Costa, Zélia Moura (Araci)
Roberto Bonfim …. Pojucã
Nascimento, Antônio Gonçalves do (Itaquê)
Jesus Chediak
Anápolis, Jorge
Carnera, Antônio
Kahok, Tep
Costa, Tatau
Costa, Taíse
Povo de Goiânia

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de A Lenda de Ubirajara (1975) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: André Luiz Oliveira
Roteiro: André Luiz Oliveira
Adaptação: André Luiz Oliveira e Castor, Antônio
Estória Baseada no romance Ubirajara, o senhor da lança, de José de Alencar;
Produção: André Luiz Oliveira
Direção de produção: Duarte, Roberto
Produção executiva: Mauricio, Paulo; Petrilho, José
Produtor associado: Eckstein, K. M.; Oliveira, Paulo Maurício C.; Monteiro, Régis; Silveira, Arnaldo
Assistência de produção: Emidio, José; Peçanha, Celso; Myrtes; Gino
Coordenação de produção: Chediak, Jesus
Assistência de direção: Costa, Manuel
Continuidade: Ladeira, Ana
Direção de fotografia: Cravo Neto, Mário
Assistência de fotografia: Cleber
Fotografia de cena: Santos, Jessel Buss dos
Direção de som: Leite, Roberto Melo; Tavares, José
Som guia: Jom Tob Azulay
Montagem: Amauri Alves
Assistente de montagem: Soares, Lucia Maria L. C.
Cenografia: Monteiro, Régis
Assistencia de cenografia: Adomervil; Lenta, Marcha; Papa-Terra; Bahia, Antonio da; Anápolis, Jorge
Contra-regra/acessórios de cenografia: Lima, Aragão
Música: Abreu, Tuzé de
Companhia(s) produtora(s): André Luiz Oliveira Produções Cinematográficas | Alo Filmes
Companhia(s) produtora(s) associada(s): Makro Filmes | Thor Filmes | Grupo Filmes
Empresa Distribuidora: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.
Financimento/patrocínio: Embrafilme – Empresa Brasileira de Filmes S.A.

Locação: Planalto Central – GO; Rio Araguaia – GO

Prêmios

Melhor Trilha Sonora no Festival de Lajes, 1, 1975, SC..
Melhor Roteiro no Festival de Brasília, 8, 1975, Brasília – DF.

Bibliografia

Livros:

ALENCAR, José de. Ubirajara, o senhor da lança. São Paulo: Martin Claret, 2005.

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
JCR/IBC
Brasil Cinema, 1975
Guia de Filmes, 58
CB/EMB-110.2-00526

Fontes consultadas:
ACPJ/II
FBR/16
Última Hora, 20 e 21.03.1976, p.5/11
FBR/8
Observações:
ACPJ/II indica: Obras pesquisadas <Publicações Funai>; <Ribeiro, Darcy>, <Metreaux, Alfred>, <Cesar, Julio>, <Strauss, Levi>, <Rondon, Melati>.
Exibido dia 22.07.1975 no , Brasília – DF.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.