fbpx

A Moça do Quarto 13 (1961)

Sinopse

POSTER A Moca do Quarto 13No aeroporto de Congonhas, o contrabandista Ladera, antes de ser morto pela polícia coloca no bolso da capa de Steve Marshall os clichês para a produção de notas falsas. Steve está no Brasil em busca de Kitty, cantora da boite Copa-Cantina e amante de Victor. Por meio de Elisabeth, consegue chegar até ela. Quando vai até o camarim de Kitty, é atacado por Victor, que está em busca dos clichês. Steve procura o policial Ornelas, chegando a conclusão que Victor é o chefe de uma quadrilha de falsificadores. Ele descobre os clichês na capa e os entrega para guarda de Elisabeth. Marshal e Ornelas montam um plano para desmantelar a quadrilha de Victor: Johnny se encarregaria de levar os clichês sob cobertura policial. Mas ele trapaceia e negocia os clichês diretamente com Victor por 25.000 dólares. Marshall porém entregara clichês em branco. Johnny é morto. Enquanto se dirige para o encontro com Elisabeth, descobre que ela é a chefe da quadrilha. Durante a luta, Victor atira contra ela e Ornelas mata Victor. Com a quadrilha desbaratada, Steve Marshall volta para os Estados Unidos. Kitty prefere ficar no Brasil.

Elenco

Donlevy, Brian (Steve Marshall)
Bayard, Andrea (Kitty)
John Herbert …. Johnny
Merinov, Victor (Victor)
Howard, Elizabeth (Elizabeth)
Oliveira, Nelson (Detetive da Interpol)
Benvenutti, Mário (Detetive)
Avelar, Léo (Polícia)
Warnowsky, Sérgio (Gangster)
Ferreira, Ari (Gangster)
Tanon, Eduardo (Ladera)
Marinho, Carmen (Vendedora de cigarros da boite/cantora)

Participação especial:
Pedro Paulo Hatheyer …. Ornelas

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de A Moça do Quarto 13 que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Ricardo Cunha
Argumento: Barrie, H. E. e Ricardo Cunha
Roteiro: Barrie, H. E. e Ricardo Cunha
Diálogos: Cunha, Richard; Barrie, H. E.
Produção: Lebedka, Michel; Tkaczenko, Konstantin; Frederic, Marc; Massaini, Oswaldo
Direção de produção: Lebedka, Michel
Assistência de produção: Owintchenko, Eugenio
Assistência de direção: John Herbert
Direção de fotografia: Tkaczenko, Konstantin
Câmera: Gabriel, Geraldo
Eletricista: Warnovsky, Sérgio
Direção de som: Silitschanu, Boris
Montagem: Carlos Coimbra
Cenografia: Massenzi, Pierino; Vedovato, José
Contra-regra/acessórios de cenografia: Marques, Fernando
Maquiagem: Torres, Flávio
Guarda-roupeira: Pievetti, Alice
Música: Migliori, Gabriel
Companhias Produtoras: Layton Films Production | Cinedistri Ltda.
Companhia Distribuidora: Cinedistri Ltda.

Canção
Título: Recado;
Autor da canção: Ferreira, Djalma e Antonio, Luiz;

Título: Ontem e hoje
Autor da canção: Oliveira, Irany de e Macedo, Getulio

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
CB/FIBRA
CENS/I
Press-release

Fontes consultadas:
ACPJ/I
ALSN/DFB-LM
IMDB/site

Observações:
CB/FIBRA grafa o nome de Pedro Paulo Hatheyer como . Como outras fontes, indica a Distribuidora de Filmes como uma das produtoras do filme.
Os letreiros do filme não indicam os nomes de Léo Avelar, Sérgio Warnowsky e de Eduardo Tanon no elenco.
ACPJ/I indica na ficha técnica gerente de produção; e como assistentes de produção; direção de dublagem de e assistência de . No elenco inclui ; ; e . Esta fonte grafou o nome de Konstantin Tkakzenko como ; Richard Cunha como e o de H. E. Barrie como .
IMDB/site afirma que fez o duplo papel de Louise Dunnig e Kitty Herman; o papel de John Herbert seria o de Capitão de polícia e o de Victor Merinow de Victor Marlow; Milton Amaral e Dionísio Azevedo não fizeram a dublagem, mas a narração. No elenco acrescentou e . Consta a minutagem de 79 min.

Internet:

.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.