fbpx

A Música do Tempo – Do Sonho do Império ao Império do Sonho (2017)

Sinopse

Neste documentário, a emoção, memórias e as novas perspectivas de futuro se conectam com as músicas do concerto Do Sonho do Império ao Império do Sonho, inspirado no mito do quinto império português. A trilha sonora vai da corte de D. Manuel à religião do Tambor de Mina do Maranhão. A obra inclui depoimentos e imagens da visita do grupo a Roberto de Regina, criador do museu dedicado a arte barroca e renascentista.

A Música do Tempo foi pensado para seguir a estrutura do concerto, que começa com músicas portuguesas medievais, termina com canções do tambor de mina do Maranhão e foi inspirado no mito do 5º império português e do Sebastianismo, desde suas origens na corte portuguesa, entre os Séculos XV e XVI, até o culto de Rei Sebastião na religião de Tambor de Mina, no Maranhão. O filme inclui depoimentos e imagens da visita do grupo ao cravista Roberto de Regina (construtor do primeiro cravo brasileiro e de um museu dedicado à arte barroca e renascentista).

A emoção, a memória da trajetória, e as novas perspectivas de futuro se misturam às cenas da apresentação do Música Antiga da UFF. O longa-metragem traz praticamente todas as músicas do repertório gravadas no Teatro da UFF, com direção de arte e concepção cênica do prestigiado cenógrafo Ronald Teixeira, além de cenas de bastidores da gravação do concerto e entrevistas com os componentes do conjunto.

Como resultado, o documentário oferece ao público a oportunidade de conhecer melhor a sonoridade, os instrumentos e a linguagem do movimento de Música Antiga, a partir de um repertório cuidadosamente pesquisado pelo grupo da UFF, e permite saber mais sobre a realidade da vida de músicos que trabalham nessa linha há mais de 30 anos.

Este filme é possivelmente a primeira experiência num inédito modelo de produção híbrido, no qual uma universidade pública, por meio de seu centro cultural, atua como produtora, tendo como realizadora uma equipe profissional composta por técnicos da própria universidade ocupando as funções principais do filme, com a colaboração de estudantes de cinema.

Integram a equipe do documentário “A Música do Tempo” João Velho, que além da direção comanda a montagem; Deivison Branco, na direção musical; Whelby Dias, Pablo Rossi e Artur Bravo na direção de fotografia; Paulo M. de Andrade como colorista; Ronald Teixeira, na direção de arte e direção cênica; Daniel Planel, na edição; Laís Diel, na direção de produção; Alexandre Hang e BenHur Machado na mixagem e edição de som; e Leonardo Guelman, na produção executiva.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de A Música do Tempo – Do Sonho do Império ao Império do Sonho (2017) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: João Velho
Direção Cênica: Ronald Teixeira
Produtor Executivo: Leonardo Guelman
Direção de produção: Laís Diel
Direção de fotografia: Whelby Dias, Pablo Rossi e Artur Bravo
Colorista: Paulo M. de Andrade
Montagem: Daniel Planel e João Velho
Diretor de Arte: Ronald Teixeira
Edição de Som: Alexandre Hang
Mixagem do concerto: Alexandre Hang
Edição de Som: BenHur Machado
Mixagem Final: BenHur Machado
Direção Musical: Deivison Branco

Brasil | cor | Documentário | 97 min.

Classificação indicativa: Livre

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. A Música do Tempo – Do Sonho do Império ao Império do Sonho. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/a-musica-do-tempo/
UFF. http://www.centrodeartes.uff.br/noticias/documentario-sobre-grupo-musica-antiga-da-uff-estreia-nos-cinemas-em-12-de-setembro/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.