fbpx

A Senhora que Morreu no Trailer (2020)

Longa-metragem que conta a história da faquiresa brasileira Suzy King, que ficou conhecida por encantar cobras na década de 1950.

Depois de nascer Georgina no sertão da Bahia, ela foi Diva Rios na Boca do Lixo paulista e na Lapa carioca, e Suzy King nas noites de Copacabana, mas morreu Jacuí Japurá na fronteira dos Estados Unidos com o México.

Quatro nomes para uma só mulher: fascinante, temperamental e muito criativa. Cantora, compositora, atriz, bailarina clássica e folclórica, dançarina exótica e burlesca, encantadora de serpentes e faquiresa foram apenas algumas das atividades artísticas às quais ela se dedicou.

Encontrada morta no trailer em que vivia na Califórnia em agosto de 1985, ela deixou para trás histórias não concluídas, restos perdidos de sua conturbada trajetória e um rastro de mistério. Três décadas depois, dois historiadores reúnem os fragmentos que ela deixou por onde passou com o objetivo de remontar o complexo quebra-cabeça de sua vida.

Atrizes, cantoras, músicos e performers se juntam a eles para resgatar de forma poética os diversos aspectos de sua surpreendente personalidade. Uma pergunta atravessa todo o filme: Suzy King, quem é você?

Produzido pela DGT Filmes, A Senhora Que Morreu no Trailer tem direção de Alberto Camarero e Alberto de Oliveira. O filme tem montagem de Sergio Gag.

Maura Ferreira
Helena Ignez
Zilda Mayo
Divina Valéria
Márcia Dailyn
Julia Katharine
Índia Rubla
Indiany
Regina Müller
Divina Núbia
Odre Consiglio
Toscha Comeaux
Jadde Johara
Marta Vidigal
John Spindler
Todd Hunter
Fabiano do Nascimento
André Silva
Danilo Dunas

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de A Senhora que Morreu no Trailer (2020) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Os Albertos (Alberto Camarero e Alberto de Oliveira)
Roteito: Os Albertos (Alberto Camarero e Alberto de Oliveira)
Pesquisa: Os Albertos (Alberto Camarero e Alberto de Oliveira)
Produção Executiva: Sergio Gag, Toni Nogueira e Well Darwin
Câmera: Os Albertos (Alberto Camarero e Alberto de Oliveira)
Montagem: Sergio Gag
Edição de Som: Sergio Gag
Empresa Produtora: DGT Filmes

Livros:

CAMARERO, Alberto; OLIVEIRO, Alberto de. Suzy King, a Pitonisa da Modernidade. : Desacato, 2021.

Internet:

11º CINEFANTASY. A Senhora que Morreu no Trailer. Disponível no endereço:
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. A Senhora que Morreu no Trailer. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/a-senhora-que-morreu-no-trailer/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “A Senhora que Morreu no Trailer (2020)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.