fbpx

A Vez de Matar, A Vez de Morrer (2016)

Sinopse

Alan recebe a visita do fantasma de seu primo Robson, que clama por vingança. Élcio e Robson tem um passado que esconde jogos de sedução, provocações e tensões mal resolvidas. Esse passado vem à tona quanto mais Élcio se aproxima de seu destino: encontrar a morte nas mãos de Alan.

Em 2016, o filme A Vez de Matar, A Vez de Morrer, dirigido por Giovani Barros, foi selecionado para a programação da Mostra Foco na 19ª Mostra de Cinema de Tiradentes.

Elenco

Carlos Anunciato
Cristiano Gregório
Felipe Garcez
Filipi Silveira
Lelo Faria
Leôncio Moura
Philipe Faria
Tero Queiroz

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de A Vez de Matar, A Vez de Morrer (2016) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Giovani Barros
Roteiro: Daniel Nolasco, Giovani Barros
Produção: Emanueli Ribeiro, Giovani Barros, Matheus Peçanha
Direção de produção: Larissa Ávila
Direção de Fotografia: Flora Dias
Direção de Arte: Jerry Gilli
Figurino: Jerry Gilli
Maquiagem: Debora Saad
Montagem: Alice Furtado
Técnico de som: Thiago Yamachita
Edição de som: Fábio Baldo
Mixagem de Som: Fábio Baldo
Finalização: Azul Que Não Há Estúdio

Brasil | Ficção | Cor | 25 min. | 2016 | HD | MS

Bibliografia

Livros:

Internet:

19ª MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES. A Vez de Matar, A Vez de Morrer. Disponível no endereço: . Acesso em: 02 de janeiro de 2016.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. A Vez de Matar, A Vez de Morrer. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br//

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.