fbpx

Abaixando a Máquina – Ética e Dor no Fotojornalismo Carioca (2007)

Trailer

Sinopse

A emoção e a responsabilidade de quem retrata o dia-a-dia dos conflitos urbanos do Rio de Janeiro são o fio condutor o documentário Abaixando a Máquina – Ética e Dor no Fotojornalismo Carioca. O filme levanta algumas questões do fotojornalismo contemporâneo, através do ponto de vista da dor de cidadãos fotografados em diferentes confrontos na cidade e a ética dos profissionais no momento do registro e da publicação na imprensa, incluindo a relação que existe entre os fotógrafos com as comunidades carentes, como são realizadas as coberturas nos conflitos armados e a divulgação da tragédia consumada. Quem são, o que sentem e como atuam esses personagens da imagem no cotidiano desta cidade.

É um trabalho que não é só dirigido ao publico especifico do jornalismo ou da fotografia: é uma colocação, um discussão de até onde pode se expor midiaticamente a violência individual que é sofrida por uma parte da população carioca, sem que isso se torne uma violência maior ainda.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Abaixando a Máquina – Ética e Dor no Fotojornalismo Carioca (2007) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Guillermo Planel

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Abaixando a Máquina – Ética e Dor no Fotojornalismo Carioca. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/abaixando-a-maquina/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.