fbpx

Acabaram-se os Otários (1929)

Sinopse

FOTO Acabaram-se os OtariosDois caipiras e um colono italiano vão a São Paulo; compram um bonde; são depenados num cabaré e, assim, desiludidos, voltam para o interior.

O filme Acabaram-se os otários (1929), mais popularmente conhecido como Os otários, foi na verdade o primeiro filme falado brasileiro de longa metragem, estrelado por Genésio Arruda e Tom Bill. Infelizmente o áudio (que foi gravado em discos) não existe mais.

Elenco

Genésio Arruda (Bentinho)
Tom Bill (Samambaia)
Vicenzo Caiaffa (Xixílio Spicafuoco)
Rina Weiss (Paraguaçu)
Gina Bianchi (Margareth Edwards)
Miss Florinda
Assucena Fonseca

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Acabaram-se os Otários (1929) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Luiz de Barros
Roteiro: Luiz de Barros
Produção: Victor del Picchia
Montagem: Luiz de Barros
Som: Moacyr Fenelon
Cenografia: Luiz de Barros
Música: Paraguaçu
Companhia produtora: Syncrocinex

Título original: Acabaram-se os otários
País: Brasil – 1929 – Comédia – P&B – 35mm
Lançamento: 2 de setembro de 1929

Bibliografia

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Acabaram-se os Otários (1929)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.