fbpx

Acabou a Paz! Isto aqui vai virar o Chile – Escolas ocupadas em São Paulo (2016)

Sinopse

POSTER Acabou a Paz Isto aqui vai virar o Chile Escolas ocupadas em Sao PauloA saga dos estudantes secundaristas de São Paulo por uma educação de qualidade. O levante do segundo semestre de 2015 contra o fechamento de 94 escolas, culminou na ocupação de mais de 200 que seriam afetadas pelas ações de precarização do ensino público engendradas pelo Governo de Geraldo Alckmin que vem perdendo apoio dia a após dia. A coragem, a autonomia, a horizontalidade, a solidariedade demonstradas pelos secundaristas e o apoio popular estão presentes! Os gritos seguem ecoando na rua talvez anunciando uma profecia já concretizada: Acabou a paz, isto aqui vai virar o Chile!

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Acabou a Paz! Isto aqui vai virar o Chile – Escolas ocupadas em São Paulo (2016) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Carlos Pronzato
Roteiro: Carlos Pronzato
Produção: Lucas Duarte de Souza
Montagem: Lucas Duarte de Souza
Imagens complementares & cenas da repressão: Caio Castor
Produção e Pesquisa: Carlos Pronzato e Lucas Duarte de Souza
Assistência de Produção: Caio Finato
Realização: La Mestiza Audiovisual | Coletivo Cinestésicos

Material de arquivo: Seu Jornal – TVT; Minha Sampa; Não fechem minha escola; Gabriel Uchida VICE; Felipe Larozza VICE; Jardiel Carvalho R.U.A Foto Coletivo; Rodrigo Zaim R.U.A Foto Coletivo; Ativismo ABC; Ellen Flamboyant; Tiê Thiago

Coletivos: Canal Secundarista; Jornalistas Livres; O Mal Educado; Escola de Luta; Comando das Escolas Ocupadas; Pró Escolas Ocupadas; Diário da Ocupação; Território Livre.

Documentários utilizados:
A Rebelião dos Pinguins (Carlos Pronzato)
A Partir de agora, as Jornadas de Junho (Carlos Pronzato)
Tito Lima Ocupada (Doc Vozes e Porra Nenhuma Filmes)

Músicas:
Ocupar e Resistir

Performance: Koka
(Letra: Koka e Fabricio Ramos / Música: Rodolfo Krieger)
Direção do clipe: Marcelo Elídio

O Trono de Estudar
(Dani Black)
Direção do clipe: Alessandra Dorgan

MC Foice & Martelo

#OcupeSuaEscola
(Melodia Preto Bendi)

Meios utilizados: Rede Brasil Atual; A Nova Democracia; Jornal ABCD Maior; Folha de São Paulo; Esquerda Diário; Diário do Centro do Mundo; Brasil de Fato; Carta Capital.

Agradecimentos: A todas as escolas de luta; Adilson Araújo; Lucas Koka; Rede TVT – TV dos Trabalhadores; João Carlos Madeira; Fábio Sosa; Gonzalo Graña; Leon Diniz; Severino Honorato; Armando Proncet; Maria Pinassi; Vani Duarte; Marina Duarte; Paloma Prates; Felippe Nicholas; Luiza Martins; Caio Vinicius; Paulo Donizetti; Casa da Lagartixa Preta; ECLA (Espaço Cultural Latino americano); ERLA (Espaço da Rosa Latino americana); Biblioteca Terra Livre; Batalha da Matrix; Richardson Pontone; Espaço Cultural Mané Garrincha; e Aos históricos secundaristas chilenos – Pinguins

Entrevistas realizadas por Carlos Pronzato em dezembro de 2015 na cidade de São Paulo.

Duração: 90 min.

Bibliografia

Internet:

COLETIVO CINESTÉSICOS. http://cinestesicos.wordpress.com
LA MESTIZA AUDIOVISUAL. http://www.lamestizaaudiovisual.blogspot.com

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.