fbpx

Adilson Nucci

Biografia

Adilson Nucci Antonio, em arte mais conhecido como Adilson Nucci, é um diretor de fotografia nascido em São Paulo (SP) em 10 de agosto de 1952.

Em 1971, ingressou na Souza Lima Produções Cinematográficas e depois na M2 Produções, como ajudante de eletricista e assistente de câmera em documentários para cinema, TV e comerciais de televisão.

Em 1973, foi cinegrafista para os cine-jornais Amplavisão, o Mundo em Notícias e Propaga. Entre 1974 e 1975, trabalhou na Helicon Film em filmes de treinamento, institucionais e sociais.

É responsável pela captura de imagens em centenas de filmes e vídeos comerciais, culturais, de treinamento, documentários, educativos, institucionais e jornalísticos, Cursos e workshops para operadores de câmara, em Brasília, capital e interior de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Faz Coordenação de equipes operacionais para gravações e transmissões de TV.

Foi colaborador do IV Seminário de Jornalismo em 1977, no painel Cine TV para a Direção de Atividades Culturais da ABI – Associação Brasileira de Imprensa, sob a direção de Alberto Dines.

Fotógrafo mais ligado a televisão, no cinema, é diretor de fotografia de um média metragem: Retrato de Classe (1977) e no longa Chumbo Quente (1978).

Filmografia

1978 :: Chumbo Quente (cofot. Marcel Hollender)
1977 :: Retrato de Classe (MM) (cofot. Jorge dos Santos)

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.