fbpx

Aimeé (1923-2003)

Biografia

Haydeé Salles de Lemos, em arte conhedcida como Aimeé, foi uma atriz brasileira nascida em Salvador (BA) no dia 02 de agosto de 1923.

Ainda jovem muda-se para o Rio de Janeiro, estuda teatro e destaca-se como comediante, sendo sua estreia na peça O Avarento, de Molière, com Dulcina de Moraes.

Estreou no cinema em 1944 no filme Corações sem Piloto.

Em 1947, recebeu o título de Rainha das Atrizes e Rainha do Vaudeville. Os espetáculos que Aimée apresentava no Rival eram adaptadas e transmitidas pela TV Tupi, no final da temporada.

A atriz participou, também, do Grande Teatro Tupi. Aimée fazia vesperais aos sábados e duas sessões aos domingos, apresentando teatro infantil com muito sucesso, entre eles A Menina sem Nome, de Guilherme Figueiredo, com direção de Maurício Sherman, com Dinorah Marzulo, mãe de Marília Pera, e Roberto Duval, em 1956.

Em 1963, participou do filme francês Le Bluffeur, dirigido por Sérgio Gobbi, mas faz poucos filmes, dando preferência para a carreira teatral.

Afastada da vida artística, morreu em 05 de setembro de 2003, de câncer, no Rio de Janeiro, logo após completar 80 anos de idade.

Filmografia

1973 – Sob o Domínio do Sexo
1963 :: Le Bluffeur (França)
1948 – Folias Cariocas
1947 – O Homem que Chutou a Consciência
1944 – Corações sem Piloto

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.