fbpx

Alda Garrido

Alda Garrido foi uma atriz brasileira nascida em São Paulo (SP) no dia 18 de agosto de 1896.

Estreou no palco em 1912, aos dezesseis anos de idade, no Teatro Rival, com a peça Das Cinco às Sete, de Joracy Camargo, ao lado do marido Américo Garrido, com a dupla Os Garridos. Em 1921 monta sua própria companhia e faz sucesso em todo o Brasil, chegando a ser escolhida como a Rainha das Atrizes, em 1928.

Em 1940, fez sua estreia no cinema, no filme E o Circo Chegou. Em 1952, uma de suas peças lista no New York Times como um dos dez maiores sucessos do ano. Em 1953, atuou naquela que seria sua mais famosa peça, Dona Xêpa, de Pedro Bloch, personagem que a imortalizaria, sendo encenada mais de 500 vezes e que mais tarde chegaria à televisão e ao cinema. Abandonou a carreira em 1965 com a peça Entre Louras e Morenas.

Em 1970, preparou sua volta em Maria Fofoca, mas morreu antes da estreia, em 08 de dezembro de 1970, no Rio de Janeiro, aos 74 anos de idade.

Filmografia

1940 – E o Circo Chegou
1959 – Dona Xêpa
1971 – Cômicos e mais Cômicos

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Alda Garrido. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/alda-garrido/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.