fbpx

Alexandre Barillari

Biografia

Alexandre Barillari de Almeira, em arte conhecido como Alexandre Barillari, é um ator brasileiro nascido no Rio de Janeiro (RJ) no dia 19 de março de 1973.

Em 1982, entrou para um grupo de teatro amador, levado pela atriz e amiga Nadia Maria. Em 1982, ainda criança participa com a irmã de alguns episódios do Sítio do Pica-Pau Amarelo, como João e Maria. Aos dezesseis anos entrou para a Escola de Artes Cênicas Rosane Goffman e estreou na peça Yentl (1990), sob a direção de Cininha de Paula. Passa a apresentar baile de debutantes por todo o Brasil. Em 1994 mora oito meses na Inglaterra trabalhando como professor de Inglês no curso Oxford.

Em 1995, entrou para a Oficina de Atores da TV Globo e no ano seguinte faz sua primeira novela, Salsa e Merengue, como Antonio, ano em que também forma-se em Arquitetura pela UFRJ – Universidade Federal do Rio de Janeiro.

No teatro, brilhou em várias peças, com destaque para Capitu (2000), Tribobó City (2001), South American Way (2001), A Turma do Pererê (2004), O Mistério do Fantasma Apavorado (2005), Caminhos da Independência (2006), Amor de Comédia (2007), etc.

Na televisão, alterna-se entre Globo, Record e SBT, em novelas como Vidas Cruzadas (2000), Senhora do Destino (2004), Cristal (2007), Caminhos do Coração (2007), etc.

Escreveu o livro Um Mar sem Norte, ainda não publicado.

Estreou no cinema em 2009 no filme Inversão, produção paulista dirigida por Edu Felistoque.

Filmografia

2009 :: Inversão

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Alexandre Barillari. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/alexandre-barillari/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.