fbpx

Alfredo Palácios (1922-1997)

Alfredo Palacios foi diretor, roteirista e produtor de cinema e televisão nascido e falecido em São Paulo.

Foi um dos criadores, juntamente com Ary Fernandes, da primeira série brasileira feita especialmente para TV, O Vigilante Rodoviário.

Iniciou sua carreira em 1951, na Companhia Cinematográfica Maristela, em São Paulo, produzindo os diálogos para o filme Suzana e o Presidente.

Em 1952, foi Assistente de Produção em Meu Destino é pecar e, também em 1952, foi Produtor de Simão, o Caolho, dirigido por Alberto Cavalcanti.

Estreou como diretor, em 1953, com o filme A Pensão da D. Stela. Ao longo de sua vida, participou em mais de 70 produções cinematográficas brasileiras, entre 1951 e 1982.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

1977 :: As Trapalhadas de D. Quixote e Sancho Pança
1976 :: Guerra é Guerra
1958 :: Vou Te Contá
1957 :: Casei-me com um xavante
1956 :: A Pensão da D. Stela
1956 :: Getúlio, glória e drama de um povo

:: Filmografia como Roteirista ::

1956 :: A Pensão da Dona Estela

:: Filmografia como Produtor ::

1956 :: A Pensão da Dona Estela
1956 :: Quem matou Anabela

Bibliografia

Livros:

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Alfredo Palácios. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/alfredo-palacios/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

4 comentários sobre “Alfredo Palácios (1922-1997)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.