fbpx

Alguma coisa assim (2017)

Trailer

Sinopse

Caio e Mari são dois jovens vivendo uma relação que vai além de qualquer definição. Ao longo de dez anos, a trama transita entre três momentos marcantes onde seus desejos entram em conflito e sua relação é posta à prova.

Desenvolvido a partir do curta homônimo de 2006, o longa, dirigido por Esmir Filho e Mariana Bastos, propõe uma reflexão sobre sexualidade, rótulos e como o tempo constrói e transforma os relacionamentos.

Elenco

Caroline Abras
André Antunes
Clemens Schick
Knut Berger
Juliante Elting

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Alguma coisa assim (2017) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Esmir Filho e Mariana Bastos
Roteiro: Esmir Filho e Mariana Bastos
Produção: Esmir Filho, THEREZA MENEZES, FERNANDO SAPELLI, JELENA GOLDBACH
Direção de Fotografia: JUAN SARMIENTO G., MARCELO TROTTA
Montagem: CAROLINE LEONE
Música: LUCAS SANTTANA, FABIO PINCZOWSKI
Empresa Produtora: SALIVA SHOTS

Bibliografia

Livros:

Internet:

FESTIVAL DO RIO. Alguma coisa assim. Disponível no endereço: http://www.festivaldorio.com.br
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Alguma coisa assim. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/alguma-coisa-assim-2017/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Alguma coisa assim (2017)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.