fbpx

Alice Braga

Biografia

Alice Braga Moraes, em arte conhecida como Alice Braga, é uma atriz e produtora brasileira nascida em São Paulo (SP) no dia 15 de abril de 1983. Com talento e beleza, é uma atriz essencialmente cinematográfica.

Desde cedo, frequentava sets de filmagem, quando ela e a irmã Rita acompanhando a mãe, a atriz e publicitária Ana Maria Braga (não confundir com a apresentadora global Ana Maria Braga), em seus trabalhos. Logo iniciou sua carreira fazendo um comercial do McDonald’s.

Em 1998, estreou no cinema atuando no curta-metragem Trampolim.

Notando a falta de timidez da menina, colegas passaram a chamá-la para fazer comerciais. Sendo lembrada pelo diretor Fernando Meirelles, acabou fazendo seu primeiro longa-metragem, o aclamado filme Cidade de Deus em que viveu Angélica, marcando o início de sua carreira e que lhe abriu as portas para uma carreira internacional: seu primeiro filme produzido fora do Brasil, Só Deus Sabe, uma coprodução Brasil/México.

Quatorze anos após sua primeira viagem a Nova Iorque, em 2003, voltaria à cidade, na qual passou três temporadas, em fevereiro passeando, hóspede da tia, em maio indo participar do lançamento de Cidade de Deus, em agosto mudando-se para lá, tendo passado seis meses, para estudar e praticar o inglês. Indicou para os leitores na revista TPM lugares que fogem do convencional de turismo do lugar em texto escrito por ela mesma na sessão Viagem.

Fez sucesso no Brasil em 2005, no papel da stripper Karinna, que vive um triângulo amoroso com os amigos de infância Deco (Lázaro Ramos) e Naldinho (Wagner Moura) entre a zona portuária de Salvador, do filme Cidade Baixa, lhe deu projeção e rendeu diversos prêmios. Personagem esta que já estava garantida para a atriz Fernanda de Freitas, porém o diretor Sérgio Machado decidiu pensar melhor, e resolveu trocar sua atriz principal, chamou-a, no que acabou sendo a hora e a vez de Alice, que recebeu o convite quando ainda cursava Comunicação e Artes do Corpo, na PUC de São Paulo.

Nos EUA, sua primeira oportunidade aconteceu em 2006 em Doze Horas até o Amanhecer, rodado em São Paulo e Santos, em que contracena com Brendan Fraser. A partir de então, alterna sua carreira entre Brasil e Estados Unidos.

Com um currículo marcado por produções internacionais, sendo fluente em português, inglês e espanhol, como Sólo Dios Sabe, Journey to the end of the night, I am Legend, Redbelt, Blindness, Crossing Over, Repossession Mambo, era de se esperar que mudasse sua postura, mas além de não deixar de marcar presença em produções brasileiras, não adotou o método de muitas celebridades hollywoodianas que chegam ao estrelato, não dando importância para o tamanho das produções, alternando filmes de grande, médio ou pequeno porte, ou protagonistas e coadjuvantes, preocupando-se apenas com o trabalho e o resultado.

Contracenou com o ator e diretor Marco Ricca em A Via Láctea (filme de Lina Chamie), sendo chamada pelo mesmo para fazer parte do elenco do filme Cabeça a Prêmio, filme dirigido por ele e baseado no livro homônimo do escritor Marçal Aquino. Teve um pequeno papel em O Cheiro do Ralo fazendo a garçonete dois.

Sua única aparição na tv foi em Carandiru, Outras Histórias, série de dez capítulos exibidos às sextas com histórias envolvendo personagens do filme Carandiru de Hector Babenco, em que fez Vânia, mulher estuprada pelo cunhado do personagem Ezequiel (Lázaro Ramos) no episódio Ezequiel, o azarado, no dia 17 de junho de 2005. Não tendo podido cogitar fazer novelas devido aos sucessivos filmes com que se envolvia, nem tendo conhecido os palcos.

Fez dois curtas, um bem no começo da carreira, Trampolim, e o outro após o turbilhão que tomou conta de sua vida profissional, Rummikub, ambos produzidos pela Casa de Cinema de Porto Alegre.

Participou de um projeto da banda 3namassa, em que atrizes e cantoras soltam a voz em participações especiais para o cd temático Na Confraria das Sedutoras, cantando a música de quarenta minutos que encerra o cd, Tarde Demais, de Rodrigo Carneiro, Dengue, Rica Amabis e Pupillo; e do clipe Judas, do escritor e rapper Ferréz.

Estampou a capa dobrável de três partes, da revista Vanity Fair da edição especial, de março, Hollywood issue, fotografada pela renomada Annie Leibovitz, ao lado de dez atrizes apontadas como promessas em 2008, com o título Fresh faces. Aparecendo na segunda parte, junto com Ellen Page (Juno), e Zoë Saldana (Vantage point). A foto, feita durante um ensaio no estúdio Pier 59, em Nova York, e todas as atrizes vestiam criações de John Galliano para a Dior, especialmente para o ensaio.

Com residência fixa em São Paulo, tendo alternado os locais onde morou, ocasionalmente, sempre devido ao trabalho, que desde o início levou-a além das fronteiras, dos estados brasileiros, ou dos países, mundo afora.

Sua irmã Rita Moraes, três anos mais velha, também seguiu a trilha da família pelo entretenimento, tornando-se produtora de cinema, que conta com a tia, a famosa atriz, Sônia Braga, o pai, o jornalista Ninho Moraes, tendo ainda uma variedade de primos e tios no meio artístico.

Participou do Fórum de Desenvolvimento Sustentável 2008, realizado por Mário Garnero, pelo segundo ano em Nova Iorque, dessa vez no Cipriani Wall Street, discursando a favor do meio ambiente.

Fez sua primeira campanha publicitária da grife Hering, fotografada para a campanha de primavera do Alvo da Moda, já conhecido projeto contra o câncer de mama que vem desde o ano de 1995, pelo fotógrafo Bob Wolfenson.

Em 2008, foi apresentadora do VMB 2008, juntamente com Rogério Flausino entregou o prêmio na categoria Videoclipe do Ano para o grupo NX Zero, no qual sete anos atrás tinha sido garçonete na festa após a premiação de música.

A partir de março de 2010, apresentou o programa Superbonita Transforma.

No filme I Am Legend (Eu sou a Lenda), atuou ao lado do astro Will Smith.

Filmografia

:: Filmografia como Atriz ::

2021 :: The Suicide Squad (EUA)
2020 :: The New Mutants (Os Novos Mutantes) (EUA)
2020 :: La Peste del Insomnio (A Peste da Insônia) (CM)
2019 :: Eduardo e Mônica
2017 :: The Shack (A Cabana) …. Sophia
2016 :: Entre Idas e Vindas …. Sandra
2016 :: The Duel (O Duelo) …. Marisol
2014 :: Muitos Homens num só …. Eva
2014 :: The Ardor (Ardor) …. Vania
2014 :: Kill Me Three Times (Mate-Me Mais uma Vez) …. Alice Taylor
2014 :: Latitudes …. Olivia
2013 :: Os Amigos …. Julia
2013 :: Elysium
2012 :: Na Estrada
2012 :: Futuro do Pretérito – Tropicalismo Now!
2012 :: Uma vida inteira
2011 :: The Rite (O Ritual)
2010 :: Eleven Minutes (EUA)
2010 :: Predators (Predadores) (EUA)
2010 :: Repo Men (Repo Man – O Resgate de Órgãos) (EUA)
2009 :: Cabeça a prêmio
2009 :: Crossing Over (Território Restrito) (EUA)
2008 :: Redbelt (Cinturão Vermelho) (EUA)
2008 :: Ensaio Sobre a Cegueira (Blindness) (Brasil/Canadá/Japão)
2007 :: Rummikub (CM)
2007 :: A Via Láctea
2007 :: I Am Legend (Eu Sou a Lenda) (EUA)
2006 :: O Cheiro do Ralo
2006 :: Journey to the End of the Night (12 Horas Até o Amanhecer) (Brasil/Alemanha/EUA)
2006 :: Sólo Dios Sabe (Só Deus Sabe) (Brasil/México)
2005 :: Cidade baixa
2002 :: Cidade de Deus
1998 :: Trampolim (CM)

:: Filmografia como Produtora ::

2014 :: Latitudes

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Alice Braga. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/alice-braga/
IMDB. Alice Braga. Disponível no endereço: http://www.imdb.com/name/nm0103797/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected].com

Artigos Relacionados