fbpx

Alice de Andrade

Alice de Andrade é uma cineasta e roteirista brasileira nascida no Rio de Janeiro (RJ) no dia 19 de setembro de 1964. Filha de Joaquim Pedro de Andrade, formou-se em Geografia pela PUC do Rio de Janeiro e, depois, estudou em escolas de cinema estrangeiras, como a cubana Escuela Internacional de Cine y TV de San Antonio de los Baños (EICTV) e a francesa FEMIS.

Trabalhou como assistente de direção de importantes realizadores como Joaquim Pedro de Andrade, John Boorman, Ruy Guerra, Walter Lima Jr., André Téchiné, Pascal Bonitzer e Carlos Diegues, entre outros, antes de se formar como roteirista na EICTV (1990-1992). Desde então, escreveu e realizou dezenas de filmes documentários de curta e média-metragens para televisão e cinema na França, Brasil, Cuba e África.

Seu primeiro contato com o cinema foi como estagiária de direção no longa americano A Floresta das Esmeraldas (1985), que John Boorman filmou no Brasil. Mais tarde, dividiu o roteiro de Com Licença, Eu Vou à Luta com o diretor Lui Farias e fez sua assistência de direção. Foi continuísta de Ópera do malandro (1985), de Ruy Guerra, e da produção internacional Hell Hunters (1986), de Ernst Ritter Von Theumer.

No ano seguinte, foi assistente de direção e co-roteirista de Joaquim Pedro de Andrade, seu pai, no longa Casa-Grande, Senzala & Cia. (1987). Trabalhou como assistente em produções nacionais, como Faca de Dois Gumes (1988), de Murilo Salles, e internacionais, como Passage du Tropique (1989), de André Techiné, e Irma Vep (1996), de Olivier Assayas.

Foi estagiária de roteiro de Jean-Claude Carrière e roteirista da novela Boogie Oogie, na TV Globo.

Como diretora, esteve a frente da direção dos curtas Dente por Dente (1994) (premiado como Melhor Roteiro e Direção em Brasília, além de também obter prêmio de Melhor Direção de Arte em Gramado e Cuiabá) e Bijú na Laje! (2002).

Estreou na direção de longa-metragem com O Diabo a Quatro (2004), que participou dos festivais de Brasília (prêmio especial do júri), Cuiabá (melhor filme, direção, roteiro, produção e atriz para Maria Flor), Rotterdam, Fribourg, Pesaro (Itália), Montevidéu, Paris, Miami, Nova York, Rio de Janeiro e São Paulo.

Em 2006, trabalhou no projeto de restauração da obra completa de seu pai. Estreou no Festival É Tudo Verdade 2008 com o documentário Histórias Cruzadas, no qual revisita a filmografia de Joaquim Pedro de Andrade.

Em 2010, foi selecionada para o Atelier Documentaire da FÉMIS, em Paris. No mesmo ano, lanço o documentário Memória Cubana, codirigido com Iván Nápoles.

Em 2016, lançou o longa Vinte Anos, documentário premiado no Festival de Brasília (Melhor Trilha Sonora e Prêmio Conterrâneos de Melhor Documentário) e exibido nos festivais de Havana, Miami, Guadalajara, Ouro Preto e na Mostra de Cinema de São Paulo.

Filmografia

:: Filmografia como Diretora ::

2016 :: Vinte Anos
2010 :: Memória Cubana (codir. Iván Nápoles)
2004 :: O Diabo a Quatro
2002 :: Bijú na Laje! (CM)
1999 :: Le Pari Burkinabé (MM)
1994 :: Dente por Dente (CM)
1992 :: Luna de Miel (CM)

:: Filmografia como Roteirista ::

2018 :: O Outro Lado da Memória
2016 :: Vinte Anos
2010 :: Memória Cubana
2004 :: O Diabo a Quatro
2002 :: Bijú na Laje! (CM)
1999 :: Le Pari Burkinabé (MM)
1994 :: Dente por Dente (CM)
1992 :: Luna de Miel (CM)
1986 :: Com Licença, Eu Vou à Luta

Bibliografia

Internet:

EVERYFAD. Alice de Andrade. Disponível no endereço: https://everyfad.com/person/alice-de-andrade-1964
FILMEB. Alice de Andrade. Disponível no endereço:
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Alice de Andrade. Disponível no endereço: https://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/alice-de-andrade/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

4 comentários sobre “Alice de Andrade

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.