fbpx

Alô, Alô, Brasil! (1935)

Sinopse

POSTER Alo Alo BrasilUm homem está à procura de uma cantora de rádio chamada Dulcineia. Para isso, passa pelas maiores trapalhadas e problemas. O enredo, na verdade, é uma desculpa para a exibição dos números musicais dos maiores artistas do Rádio Brasileiro, sendo Allô, Allô Brasil, inclusive, uma referência ao modo como iniciava-se grande parte dos programas do broadcasting brasileiro.

Wallace Downey começou a produzir cópias dos filmes-musicais americanos bem-sucedidos com artistas brasileiros, muitos dos quais já eram famosos como artistas do rádio, tais como Carmen Miranda, que estrelou este filme em 1935. Uma Co-produção entre a Waldown Filmes e da Cinédia, Alô, Alô Brasil! apresentou uma multidão de cantores, cômicos e apresentadores do rádio, como os cantores Francisco Alves e Mário Reis.

Os estreitos vínculos com o mundo do rádio manifestam-se também no enredo do filmes, escrito pela dupla de compositores populares João de Barros e Alberto Ribeiro, que mostra as aventuras de um radiomaníaco que se apaixona por uma cantora de rádio inexistente.

Os dois gêneros de músicas sinônimos com o carnaval, nomeadamente o samba e a marcha, tinham um lugar de destaque nos primeiros filmes musicais e chanchadas.
Alô Alô Brasil. Carmen Miranda cantou “Primavera no Rio”, último número do filme, privilégio concedido comumente ao maior nome do elenco.

Elenco

Francisco Alves
Ivo Astolphi
Ary Barroso
Dircinha Batista
Simão Boutman
Sílvio Caldas
Apolo Correia
Elisa Coelho de Almeida
César Ladeira

Virgínia Lane
Ivan Lopes
Aloysio de Oliveira

Adhemar Gonzaga
Oswaldo de Moraes Eboli
Hélio Jordão
Barbosa Júnior
Nina Marina
Cavalo Marinho
Custódio Mesquita

Mesquitinha
Mineiro
Aurora Miranda
Carmen Miranda
Manoel Monteiro
Jorge Murad
Heriberto Muraro
Afonso Osório
Armando Osório
Stênio Osório
Arnaldo Pascuma
Domingos Pececi
Mário Reis
Afonso Stuart
Manoelino Teixeira

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Alô, Alô, Brasil! que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Wallace Downey, João de Barro e Alberto Ribeiro
Argumento: João de Barro e Alberto Ribeiro
Produção: Wallace Downey e Adhemar Gonzaga
Assistente de Produção:
Direção de Fotografia:
Operador de Câmera:
Assistente de Câmera:
Diretor de Arte:
Desenho de Produção:
Figurinista:
Cenografia:
Montador:
Som:
Edição de Som:
Empresas Produtoras: Waldown Filmes e da Cinédia

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Alô, Alô, Brasil! (1935)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.