fbpx

Álvaro Marins, o Seth (1891-1949)

Biografia

FOTO Alvaro Marins SethÁlvaro Marins, mais conhecido como Seth, foi um pioneiro da animação brasileira, além ter sido chargista, diretor e produtor independente de cinema de animação. Nasceu em Macaé (RJ) no dia 18 de janeiro de 1891.

Adotando profissionalmente o pseudônimo de Seth, Álvaro Marins foi um dos mais brilhantes caricaturistas brasileiros da primeira metade do século XX, atuando em diversos segmentos do humor gráfico, incluindo charges, caricaturas, cartazes publicitários e ilustração.

Notável artista, notabilizou-se pela originalidade e singular visão da sua contribuição artística, em segmentos tão diversos e específicos como a charge, a caricatura de costumes, a publicidade comercial, a criação de revistas, a ilustração de textos históricos e literários, a produção de desenhos em obras filosóficas e, principalmente, o pioneirismo no desenho animado nacional. Ele atuou, em todos esses segmentos, com maestria.

Na segunda década do século vinte, o cartunista Álvaro Marins, era conhecido como o rei do bico de pena, técnica que usava em seus detalhados desenhos.

Seth também era conhecido pelo disparatados anúncios para uma casa famosa do Rio de Janeiro de então, a Casa Mathias, onde o destaque era a mulata Virgulina e também por seus cartoons para o Jornal A Noite.

Na segunda década do século, Seth, financiado por Sampaio Corrêa, lançou no Rio de Janeiro o filme Kaiser, a primeira animação brasileira exibida nos cinemas. A primeira projeção foi em 22 de janeiro de 1917, no Cine Pathé. Tratava-se de uma charge animada em que o líder alemão Guilherme II, na qual sentava-se em frente a um globo e colocava um capacete representando o controle sobre o mundo. O globo então crescia e engolia o Kaiser.

Depois desse filme, Seth dedicou-se ao desenho de propaganda. Por volta de 1930, ainda trabalhando em publicidade, em suas declarações numa reportagem da Revista Cinearte, advertia o fator da qualidade, que só era possível com um bom financiamento e material adequado para a realização de um filme animado, coisa que já acontecia entre os americanos e que, no Brasil, mesmo as informações técnicas demoravam muito a chegar.

Álvaro Marins foi homenageado pelo setor de animação, na 1ª Bienal Internacional da Caricatura, que criou o Troféu Seth, que dá bem a medida do que representa a arte da caricatura e da animação, pois em artistas como Seth encontram-se o cronista, o chargista, o historiador do Rio e do Brasil, o humanista e filósofo, um artista completo. Por isso, pela primeira vez no Brasil, a Instituição de seu nome como Troféu, premiação a ser dada a artistas cuja contribuição histórica e estética é significativa, no campo da caricatura e do desenho animado. A escultura é criação do Escultor Genin Guerra e do Curador da Bienal, Luciano Magno. A Base do Troféu Seth remete ao fotograma e a criação do primeiro desenho animado brasileiro, o curta-metragem Kaiser, feito por Seth.

Faleceu no Rio de Janeiro no dia 28 de janeiro de 1949.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor ::

1917 :: Kaiser

:: Filmografia sobre Ele ::

:: Luz, Anima, Ação!

Bibliografia

Livros:

Internet:

BLOG ALVARO MARINS SETH. http://alvaromarinsseth.blogspot.com.br/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]