fbpx

Amélia (2000)

Sinopse

Longa de Ana Carolina Soares é inspirado na visita de Sarah Bernhardt ao Brasil.

Realizado por Ana Carolina, Amélia é um filme de ficção, livremente inspirado na visita da atriz francesa Sarah Bernhardt ao Brasil, em 1905. Embora Sarah Bernhardt tenha realmente passado pelo Brasil, a diretora criou uma ficção em torno do assunto.

Sarah não tinha uma camareira brasileira. Amélia é fictícia, assim como suas irmãs. Mas, em torno delas, tudo é real: desde a recriação de época às questões políticas que o filme levanta.

A divina Sarah, protagonizada por Béatrice Agenin, em crise profissional e pessoal, é induzida por sua camareira brasileira, Amélia (Marília Pêra), a apresentar-se no Rio de Janeiro. Entretanto, no dia do desembarque Amélia morre de febre amarela e a atriz passa a conviver com as exóticas irmãs de sua querida auxiliar. Sarah Bernhardt encontra-se só e é obrigada a entrar na confusão brasileira.

O filme recebeu três indicações ao Grande Prêmio Cinema Brasil, nas categorias de Melhor Atriz (Miriam Muniz), Melhor Roteiro e Melhor Direção de Arte.

Amélia foi lançado no ano de 2000 e dirigido por Ana Carolina Soares, com Marília Pêra, Béatrice Agenin, Miriam Muniz, Camila Amado, Pedro Bismark, Alice Borges, Marcelia Cartaxo, Betty Gofman, Xuxa Lopes, entre outros.

Elenco

Marília Pêra (Amélia)
Béatrice Agenin (Sarah Bernardt)
Myriam Muniz (Francisca)
Camila Amado (Oswalda)
Duda Mamberti
Pedro Bismark
Alice Borges
Marcelia Cartaxo
Betty Gofman
Xuxa Lopes
Otávio III
Cristina Pereira
Pedro Paulo Rangel

Ficha Técnica

Direção: Ana Carolina Soares
Roteiro: Ana Carolina Soares
Produção: Tuinho Schwartz
Música: Paulo Herculano e Nelson Ayres
Fotografia: Rodolfo Sanchez
Desenho de produção: Renné Bittencourt
Figurino: Kalma Murtinho
Edição: Ademir Francisco
Distribuição: Riofilme

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Amélia (2000)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.