fbpx

Américo Pini (19-19)

Biografia

Américo Pini foi um cineasta e diretor de fotografia nascido em Montevidéu, no Uruguai.

Iniciou sua carreira de fotógrafo em 1951, no filme Primer Festival Cinematográfico de Punta Del Este, direção de Ildefonso Beceiro.

No Brasil, seu primeiro filme foi Mulher de Verdade (1954), de Alberto Cavalcanti, como câmera. Na sequência, foi assistente de direção e fotógrafo em O Gigante de Pedra (1954), de Walter Hugo Khouri.

Em 1957, foi indicado ao prêmio de Melhor Fotografia no Festival de Cannes, na França, pelo filme uruguaio Diario Uruguayo (1956), direção de Eugenio Hintz. Em 1967, no sul, fotografa o filme Coração de Luto, estreia de Teixeirinha no cinema.

Em 1972, dirigiu seu único filme, o policial Um Crime no Verão. Ao longo de sua carreira, alternou seus trabalhos entre Uruguai e Brasil.

Já é falecido.

Filmografia

Filmografia: 1951- Primer Festival Cinematográfico de Punta Del Este (Uruguai); 1952-Interludio (Uruguai); 1954-O Gigante de Pedra (Brasil) (cofot. Danielo Allegri, Rafael Fabbi, Miroslav Javirek e Maximo Sperandeo); Campeonato Sudamericano de Fútbol (Uruguai); Diario Uruguayo (Uruguai) (fot.); 1958-La Doma (Uruguai); El Pais de Las Playas (Uruguai); 1967-Coração de Luto (Brasil); Educação Artística (CM) (Brasil) (dir.,fot.); 1972-Um Crime..No Verão (Brasil) (dir., fot.).

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.