fbpx

Amleto Daissé (1906–1964)

Biografia

Amleto Daissé foi um Diretor de Fotografia italiano nascido em 1906.

Iniciou sua carreira de fotógrafo na Itália, como câmera de Ugo Lombardi, ambos pertenciam à equipe de Ricardo Fredda. Quando este veio ao Brasil dirigir Caçula do Barulho, trouxe Ugo, que foi fotógrafo do filme e Amleto como câmera. Ambos resolveram permanecer por aqui, desenvolvendo notável carreira.

O primeiro filme de Amleto como fotógrafo no Brasil é Iracema, de 1949, direção de Vittorio Cardinalli e Gino Talamo.

Na Atlântida, assume o posto de Edgar Brasil, que se desligara da companhia, para entrar na história como parceiro inseparável de Carlos Manga em inúmeras chanchadas como Dupla do Barulho (1953), Matar ou Correr (1954), Colégio de Brotos (1956) etc. Depois na Herbert RIchers, continua sua carreira de sucesso em Espírito de Porco (1959), com Zé Trindade; Um Candango na Belacap (1961), com Ankito; O Dono da Bola (1961), com Ronald Golias.

Em 1962, foi diretor de fotografia de seu mais importante filme, Assalto ao Trem Pagador, de Roberto Farias.

Faleceu em 1964, aos 58 anos de idade.

Filmografia

:: Filmografia como Diretor de Fotografia ::

1965 :: O Beijo (cofot. Tony Rabatoni e Alberto Attili)
1964 :: Pão de Açucar (Instant Love) (Brasil/EUA)
1963 :: Otto Lara Rezende ou… Bonitinha, Mas Ordinária
1963 :: Quero Essa Mulher Assim Mesmo
1963 :: O Homem que Roubou a Copa do Mundo
1962 :: Boca de Ouro
1962 :: Bom Mesmo É Carnaval
1962 :: O Assalto ao Trem Pagador
1962 :: Os Cosmonautas
1961 :: O Dono da Bola
1961 :: Um Candango na Belacap
1960 :: Briga, Mulher e Samba
1960 :: O Viúvo Alegre
1960 :: Tudo Legal (cofot. José Rosa)
1960 :: Vai Que É Mole
1960 :: Entrei de Gaiato
1959 :: Espírito de porco
1959 :: Garota Enxuta
1959 :: Mulheres, Cheguei!
1959 :: Mulheres à Vista
1959 :: Os três Cangaceiros
1959 :: Pistoleiro Bossa Nova
1959 :: Maria 38 (cofot. Konstantin Tkaczenko, Ugo Lombardi e Afonso Viana)
1958 :: E o Bicho Não Deu
1958 :: Massagista de Madame
1958 :: De Pernas Pro Ar
1957 :: Metido a Bacana
1957 :: Pé na Tábua
1957 :: Sherlock de Araque
1957 :: Com Jeito Vai
1956 :: Com Água na Boca
1956 :: Guerra ao Samba
1956 :: O Golpe
1956 :: Vamos com Calma
1955 :: Nem Sansão Nem Dalila
1955 :: O Primo do Cangaceiro
1955 :: Colégio de Brotos
1954 :: Malandros em Quarta Dimensão
1954 :: Matar ou Correr
1954 :: Carnaval em Caxias
1953 :: A Dupla do Barulho
1953 :: A Carne É o Diabo
1952 :: Amei um bicheiro
1952 :: Areias Ardentes
1952 :: Barnabé Tu És Meu (cofot. Edgar Brasil)
1952 :: Carnaval Atlântida
1952 :: Mulher do Diabo
1952 :: Três Vagabundos
1951 :: Aí Vem o Barão
1951 :: Meu Dia Chegará
1950 :: Écharpe de Seda
1949 :: Iracema
1947 :: Angelina

Bibliografia

:: Fontes de Referência ::

Livros:

RAMOS, Fernão; MIRANDA, Luiz Felipe. Enciclopédia do cinema brasileiro. São Paulo: Senac, 2000.

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de fotógrafos do cinema brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/amleto-daisse/

IMDB. http://www.imdb.com/name/nm0197434/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Um comentário em “Amleto Daissé (1906–1964)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.