fbpx

Amor & Cia. (1998)

Sinopse

Em São João Del Rey, no final do século XIX, vive Godofredo Alves, um próspero negociante. Um dia ele vai para casa mais cedo para comemorar com Ludovina os quatro anos de casados, mas a encontra com Machado, seu sócio, em atitude suspeita. A partir daquele instante, o mundo de Alves desaba e sua existência se transforma num inferno. Um homem atormentado por um dilema: o que é mais importante na vida, lutar por uma paixão ou defender a própria honra?

Apesar de aparentemente nada de mais grave ter acontecido, Alves expulsa a mulher de casa no mesmo dia e pensa em desafiar seu sócio e ex-amigo para um duelo, na qual apenas uma arma estaria carregada e a distância seria de dois passos. Entretanto, os acontecimentos tomam um rumo inesperado.

Com bom humor, o filme é uma adaptação livre da obra de Eça de Queiroz.

Elenco

Marco Nanini …. Godofredo Alves
Patrícia Pillar …. Ludovina
Borges, Alexandre (Machado)
Cardoso, Rogério (Neto)
Sílvia, Maria (Margarida)
França, Ary (Medeiros)
Dantas, Nelson (Asprígio)
Rezende, Rui (Abílio)
Mamberti, Cláudio (Carvalho)
Siqueira, Sônia (Joana)
Moreno, Cida (Mulher Cabaré e Florista)
Simões, Adenor (Felipe)
Laranjeira, Saulo (Mata)
Gregório, Carlos (Nunes)
Monteiro, Javert (Cunha)
Naddeo, Antônio (comprador Chefe)
Montanhas, Noélia (Fia)
Braga, Branca (Mariana)
Ratton, Eurydice A. (senhora da janela)
Reis, Amauri (funcionário da repartição)
Romano, Ana (noiva de Machado)
Marques, Ezequias (padre)
Arthur, Luiz (homem na repartição)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Amor & Cia. (1998) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Helvécio Ratton
Roteiro: Ratton, Carlos Alberto
Estória Baseada na novela Alves e Cia., de Eça de Queiroz
Assistência de direção: Faria, Márcia; Fiúza, Guilherme; Cataldo, Elza
Continuidade: Borges, Fernanda; Branco, Sônia
Produção: Matos, Simone Magalhães
Direção de produção: Ramos, Eduardo
Produção executiva: Fonseca, Tininho; Matos, Simone de Magalhães
Assistência de produção: Ribeiro, Isabel; Carrera, André
Contabilidade: Silva, Maurício
Empresa de figuração: Simôes, Adenor
Motorista: Carvalho, Francisco; Ribeiro, João; Carmo, José Antônio; Mical; Moreno, Milão; Santos, Reginaldo; Muffato, Rogério; Santos, Sandro
Direção de fotografia: Ribeiro, José Tadeu
Câmera: Ribeiro, José Tadeu
Assistência de câmera: Valeska, Kika; Ramalho, Gu
Fotografia de cena: Avellar, Estevam Avellar; Calainho, Lourdinha
Chefe eletricista: Paulão
Eletricista: Olívio; Picô
Auxiliar de maquinista: Souza, Marcelo
Som direto: Louzeiro, José Moreau
Mixagem: Aguirre, Marcos de; Miranda, David
Técnico de gravações: Cheib, Dirceu; Cheib, Ricardo
Operador de microfone: Capeller, Ivan; Lima, Leandro
Montagem: Vasconcellos, Diana
Montagem de som: Louzeiro, José Moreau; Muricy, Maria
Direção de arte: Bueno, Clóvis
Figurinos: Murtinho, Rita
Cenografia: Hamburger, Vera
Letreiros: Verçosa, Rose
Assistencia de cenografia: Perdigão, Bia; Xande, Daniela; Franco, Suely; Romano, Ana
Carpinteiro: César Filho; Nascimento, Valter; Munisso, Antônio; Silva, Wandir
Contra-regra/acessórios de cenografia: Magrão
Montagem de cenário: Leão, Olber
Maquiagem: Verçosa, Rose
Assistência de maquiagem: Maciel, Jorluce; Carvaho, Tony
Costureira: Torrubia, Helena
Assistência de figurino: Milet, Ellen; Pagani, Renato
Música: Tavinho Moura
Trilha musical: Vianna, Geraldo e Tavinho Moura
Produção musical: Mário, João
Companhia Produtora: Quimera Filmes
Companhias co-produtoras: Riofilme | Rosa Filmes
Companhias distribuidoras: Riofilme | Severiano Ribeiro
Financimento/patrocínio: Ipaca – Instituto Português da Arte Cinematográfica e Audiovisual; Banco BMG; Duty Free Brasf; Bemge – Cultura; Governo de Minas Gerais; Ministério da Cultura

Dados adicionais de música
Título da música: Quem sabe
Música de: Gomes, Carlos e Sampaio, Bittencourt
Intérprete(s): Pillar, Patrícia e Nanini, Marco
Instrumentista: Fischer, Délia – piano; Bahia, Xisto;

Orquestra: Orquestra Amor e Cia.

Regente Maestro: Vianna, Geraldo

Instrumentista: Lacerda, Leonardo – violino; Carlos, Erasmo – violino; Aleixo, Carlos – viola; Cavazza, Firmino – violoncelo; Claudino, Waldir – contrabaixo; Rodrigues, Mauro – flautas; Alves, Valter – clarineta; Mascarenhas, Mauro – fagote; Aguiar, Clovis – piano; Tavinho Moura – violão e Vianna, Geraldo – violão

Conjuntos e bandas: Nós e Voz – coro

Locação: São João Del Rey – MG

Bibliografia

Fontes utilizadas:
CB/transcrição de letreiros-Cat
CBMC/1994-1998, p. 150-1
Press-sheet
FBR/31
Press-release
Programadora Brasil/5

Internet:

ANCINE. Disponível no endereço: http://sad.ancine.gov.br/obrasnaopublicitarias/pesquisarCpbViaPortal/pesquisarCpbViaPortal.seam. Acesso em: 02.01.2018.

Observações:
Participou do 31º Festival de Brasília, 1998, Brasília, DF.
Programadora Brasil/5 informa que a obra participa do Programa 60, intitulado Amor e Cia. e Rua do Amendoim. A mesma fonte indica que o filme não é uma co-produção e foi produzido em Minas Gerais.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Amor & Cia. (1998)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.