fbpx

André de Biase

Biografia

André Resende de Biase, em arte conhecido como André de Biase, é um ator brasileiro nascido na cidade de Vitória (ES) no dia 23 de novembro de 1956.

Começou sua carreira no cinema, no filme Nos Embalos de Ipanema (1977).

Em 1981, estreou na televisão em Os Adolescentes e, nesse mesmo ano, experimentou o ponto alto de sua carreira, ao interpretar Valente, um surfista geração saúde em Menino do Rio, enorme sucesso de bilheteria. Esse filme impulsionou sua carreira na televisão, na qual passa a ser chamado constantemente, em novelas como Ninho da Serpente (1982), Elas por Elas (1982), Voltei pra Você (1983) e Partido Alto (1984).

Em 1985, ficou célebre por interpretar o personagem Lula da série Armação Ilimitada, ao lado de Kadu Moliterno e Andréa Beltrão. O sucesso levou-o, em 1989, a reviver o mesmo personagem em nova série, Juba e Lula. Depois de alguns anos afastado, cuidando de seus negócios, retornou em 1992 para participar de um episódio de Você Decide.

Entre 2001 e 2004, participou do seriado Malhação. Em 2006, retornou ao cinema, 23 anos depois, para participar do filme Gatão de Meia Idade, ao lado de Alexandre Borges.

Em 2007, foi contratado pela TV Record para participar da novela Caminhos do Coração, como Aristóteles.

Filmografia

2008 :: Meu Nome Não É Johnny … Alex Nelori
2006 :: Gatão de Meia Idade
1984 :: Garota Dourada
1981 :: Filhos e Amantes
1981 :: Menino do Rio
1981 :: A Mulher Sensual (Novela das Oito)
1979 :: Terror e Êxtase
1977 :: Nos Embalos de Ipanema

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. André de Biase. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/andre-de-biase/
WIKIPEDIA. André de Biase. Disponível no endereço: http://pt.wikipedia.org/wiki/Andr%C3%A9_de_Biase

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.