fbpx

André Sigwalt

Biografia

André Luis Folgosi Sigwalt, em arte mais conhecido como André Sigwalt, é um diretor de fotografia brasileiro nascido em Curitiba (PR) em 25 de junho de 1978. Em 1983, com cinco anos de idade, muda-se com a famíliapara São Paulo. Formou-se em Cinema pela FAAP (Fundação Armando Álvares Penteado) com pós-graduação pelo Senac.

Iniciou sua carreira de Diretor de Fotografia e Câmera em 1999 no curta Identidade, de Fabrizio Fernandes.

Dirigiu a fotografia de vários videoclipes de cantores e bandas como XRS Land (2000), Rock Rocket (2007), Banzé (2008), Arnaldo Antunes (2009), etc.

Em 2007, foi contratado pela Heco Produções para dirigir a fotografia do filme A Praga, longa inacabado de José Mojica Marins, que estava parado desde 1980 e foi concluído em 2007 como médiametragem. A fotografia inicial foi feita por Giuseppe Romero. Foi fotógrafo de still no longa Encarnação do Demônio (2008), de José Mojica Marins.

Na televisão, assinou a fotografia da série Tudo Que É Sólido Pode Derreter (2008) e do programa Almanaque Educação (2009/2010), ambas exibidas pela TV Cultura.

Seu primeiro longa é Its Very Nice Pra Xuxu (2007/2009), de Paulo Duarte, ainda não lançado e em 2010, fotografou seu segundo longa, Pólvora Negra, de Kapel Furman.

Filmografia

1980/2007 – A Praga (MM) (cofot. Giuseppe Romero); 1999 – Identidade (CM); Queridinha do Papai (CM); 2000 – Intro 7 (CM); 2001 – Meio (CM); Noturno (CM); 2002 – Hell Hotel (Haikai-o-Hotel) (CM); 2003 – Haikai-o-Hotel (CM); O Homem e o Sensorial (CM); 2004 – Vou Sorrir Para a Sorte (CM); 2005 – 6 Tiros 60ml (CM); A Meretirz e o Leão (CM); Nove Passos Para Felicidade (CM); 2007/2009 – Its Very Nice Pra Xuxu; 2008 – Caçadores Noturnos (CM); Rock Rocket: Doidão (CM); 2010 – Pólvora Negra.

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.