fbpx

Andrea Barata Ribeiro

Biografia

Andrea Barata Ribeiro é uma produtora brasileira. Graduada em Comunicação Social, começou sua carreira no audiovisual produzindo publicidade, passando posteriormente para o cinema e TV.

Uma dos fundadores da O2 Filmes, ao lado de Fernando Meirelles e Paulo Morelli, começou sua trajetória no cinema produzindo o curta E No Meio Passa Um Trem, em 1998, dirigido por Fernando Meirelles e Nando Olival.

E é com Meirelles e Olival, que ela inicia a produção de longas no ótimo Domésticas – o Filme (2001), dirigido pelos dois cineastas.

Domésticas – o Filme é um divertido e outras vezes melancólico olhar sobre o universo das empregadas domésticas pontuado por criativa trilha sonora. No elenco do filme estão atrizes que voltariam a atuar nas produções da O2, como Graziella Moretto, Cláudia Missura, Olívia Araújo e Cecília Homem de Mello

O impactante A Janela Aberta (2002), de Philippe Barcinski é outro curta que tem a produção assinada por Andrea.

A partir daí, Andréa Barata Ribeiro produz longas importantes e torna-se uma das mais bem-sucedidas produtores do país, e com repercussão intenacional.

O primeiro grande passo para isso é a produção de um dos mais comentados filmes do cinema brasileiro da Retomada e um dos mais espetaculares sucessos do cinema mundial: Cidade de Deus, de Fernando Meirelles e co-dirigido por Kátia Lund.

Cidade de Deus projeta Fernando Meirelles e a o2 no cenário internacional, conquista vários prêmios e é indicado ao Oscar. A produção, claro, chama atenção também para o nome de Andrea Barata Ribeiro.

O sucesso de Cidade de Deus possibilita à 02 produções internacionais, como Ensaio Sobre a Cegueira outro filme também de grande repercussão e com elenco internacional – Juliane Moore, Mark Ruffalo, Gael Garcia Beranal, Danny Glover e Alice Braga.

Ensaio Sobre a Cegueira marca mais uma vez a dobradinha de sucesso: Fernando Meirelles na direção e Andrea Barata Ribeiro na produção.

Andrea produz também os filmes do outro sócio, Paulo Morelli, Viva Voz (2003) e Cidade dos Homens (2007).

Outros longas importantes que têm a assinatura de Andrea Barata Ribeiro na produção são Contra Todos (2003), de Roberto Moreira; Ginga (2005 – produção executiva), de Tocha Alves, Hank Levine e Marcelo Machado; Antônia – O Filme (2006 – co-produção), de Tata Amaral; Não Por Acaso (2007), de Philippe Bracinski; O Banheiro do Papa (2007), de César Charlone e Enrique Fernandéz; e À Deriva (2009), de Heitor Dhalia.

A O2 também tem trabalhos expressivos na televisão e que contam com a presença de Andrea Barata Ribeiro na produção: “Filhos do Carnaval” (2006); “Antônia” (2006); “Som & Fúria” (2009).

Filmografia

:: Filmografia como Produtora ::

2012 :: A Busca
2009 :: À Deriva
2007 :: O Banheiro do Papa
2000 :: Domésticas – o Filme

:: Filmografia como Produtora Executiva ::

2008 :: Ensaio Sobre a Cegueira
2007 :: Cidade dos Homens
2007 :: Não Por Acaso
2006 :: Antônia – O Filme
2005 :: Ginga
2003 :: Contra Todos
2003 :: Viva Voz
2002 :: A Janela Aberta
2002 :: Cidade de Deus (2002)
2000 :: Domésticas – o Filme
1998 :: E No Meio Passa Um Trem

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.