fbpx

Ângelo Antonio (1939-1983)

Ângelo Antonio Guerra Povoa, em arte mais conhecido como Ângelo Antonio, é um ator, cantor e compositor brasileiro nascido em Santana do Livramento (RS) no dia 16 de junho de 1939.

Iniciou sua carreira artística como cantor. Em 1966, estreou no cinema no filme Nudista à Força. Logo começa a chamar a atenção e constituiu incrível carreira cinematográfica, quase sempre em comédias, que davam vazão ao seu talento e comicidade. Ator alto, gordo e quase sempre barbudo, era um tremendo boa-praça e querido por todos. Assim, sua carreira foi quase exclusivamente cinematográfica.

Na televisão, fez duas novelas, O Primeiro Amor, como Moby Dick, e Cinderela 77 (1977), como Buana.

Em 1973, lançou um LP com músicas juvenis quase todas com títulos em inglês, como Becky Come Back, Mary Help, embora o sucesso do disco foi Garota do Pasquim. Ângelo Antonio fez parte do grupo musical Turma da Pesada. Compôs, em parceria com Carlos Imperial, a música Pior pra Ela.

No cinema, brilhou em Pais Quadrados, Filhos Avançados (1970), Ali Babá e os Quarenta Ladrões (1972), Costinha e o King-Mong (1977) e Um Marciano em Minha Cama (1981).

Foi casado por dez anos com Yara Carvalho Fonseca e tinha um filho.

Faleceu no dia 23 de setembro de 1983, no Rio de Janeiro (RJ), aos 44 anos de idade.

Fontes de Referência

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.