fbpx

Arrastão (1965)

Sinopse

.

Elenco

Barouh, Pierre (Geronimo)
Cecil Thiré …. Marcos
Cavalcanti, Duda (Emaesa)
Braga, Yolanda (Mana)
Grande Otelo …. Focinho
Vanja Orico
Jardel Filho …. Manuel
Lucia, Vera
Santos, Cosme
Ione, Ilce
Lewgoy, José
Xavier, Nelson
Migliaccio, Flávio
Fregolente, Ambrosio

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Arrastão (1965) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Antoine D’Ormesson
Argumento: Moraes, Vinicius de; Terrin, Lucile e Antoine D’Ormesson
Roteiro: Terrin, Lucile
Estória Baseada na obra Tristão e Isolda;
Assistência de direção: Migliaccio, Flavio
Produção: Baker, Roberto
Coordenação de produção: Maestrati, Antoine
Gerente de produção: Porte, Robert
Direção de fotografia: Charlet, François
Direção de som: Riva, Amadeu
Montagem: Serralonga, Giorgio
Cenografia: Araujo, José T.
Música: Cabral, Ubirajara Quaranta
Companhia(s) produtora(s): Sumer Films

Canção
Título: Amantes do mar;
Autor da canção: Jobim, Antonio Carlos e Lira, Carlos;
Intérprete: Soledade, Paulo;

Título: Samba em prelúdio;
Autor da canção: Lobo, Edu e Powell, Baden
Intérprete: Pixinguinha;

Título: Deus Iemanjá
Intérprete: Orico, Vanja

Locação: Itaipu; Niterói

Bibliografia

Fontes utilizadas:
ACPJ/I
IMDB/site
Diário da Noite, 17.03.1966

Livros:

Tristão e Isolda. : , .

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Arrastão. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/arrastao/

Observações:
IMDB/site informa 1966 como o ano de produção e o montador Alix Paturel.
Diário da Noite de 17.03.1966, indica que a produção foi rebatizada de AMANTES DO MAR.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Arrastão (1965)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.