fbpx

As Escandalosas (1970)

Sinopse

Premiado na loteria, o bon vivant Jorge Piccoli convida a namorada Madalena para passar um fim de semana no Rio de Janeiro. Hospedam-se num hotel de luxo e divertem-se a valer nas praias e em boates. O cáften Gedeão, que os observa desde o início, vê em Madalena uma presa fácil. Atraindo o interesse da moça, arma uma trama que faz com que Jorge fuja da cidade, abandonando a namorada. Madalena torna-se amante de Gedeão e, em seguida, conquista um comendador rico. Com o apartamento que ganha de presente do velho comendador, começa a explorar o lenocínio. Não demora em livrar-se de Gedeão, enviando-o à prisão. Dona absoluta do negócio, Madalena prospera cada vez mais, até que Gedeão reaparece, disposto à vingança.

Elenco

Olivia Pineschi …. Madalena Fion
Edson Silva …. Baunilha
Andrius (Jorge Piccoli)
Brillanti, Dinorah (Mãe da Madalena)
Viana, Milton (Comendador)
Sajkowsky, Nina (Helena)
Tuska (Norma)
Mello, Eugênio (Tolentino)
Morais, Cléia (Margô, dançarina)
Schneider, Isaac
Azevêdo, Dalmo (Industrial)
Maia, Alexandre
Alves, Wilson
José Marinho …. Delegado
Dornelles, Iolanda
Tôrres, Enilda
Ferreira, Roberto
Silva, Ademir

Ator Convidado:
Roberto Batalin …. Mário

Participação especial:
Panta, Sérgio
Paul, Fenelon
Ivan Cândido …. Gedeão Croquard

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de As Escandalosas (1970) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Companhia(s) produtora(s): Futurama Cinematográfica Ltda.
Companhia(s) co-produtora(s): Cinemundi Distribuidora e Produtora de Filmes S.A.
Direção de produção: Chaves, Max
Produtor associado: Araújo, Élio Vieira de; Ramom, Clóvis; Maia, Alexandre
Assistência de produção: Cavalcanti, Luiz Carlos

Produção – Dados adicionais
Coordenação de produção: Ramom, Clóvis
Empresa de figuração: Sérgio Panta Publicidade

Distribuição
Companhia(s) distribuidora(s): Cinemundi Distribuidora e Produtora de Filmes S.A.; Áurea Filmes S.A.; Cine Distribuidora Rex; Unibrás S.A.

Argumento/roteiro
Roteiro: Araújo, Élio Vieira de
Diálogos: Araújo, Élio Vieira de
Adaptação: Araújo, Élio Vieira de

Estória: Baseada na vida da cortesã , Condêssa de Royat (1699-1762)

Direção: Miguel Borges
Assistência de direção: Cândido, Ivan
Continuidade: Sajkowsky, Natasha
Coreografia: Sardy, Túlio

Fotografia
Direção de fotografia: Vianna, Affonso
Assistência de câmera: Silva, Jorge da
Fotografia de cena: Miranda, Átila

Dados adicionais de fotografia
Chefe eletricista: Alves, Adilson
Assistente de eletrecista: Santos, Aluisio dos
Maquinista: Ventura, Francisco Airton

Som
Técnico de som: Viana, Aloisio; Mota, Onélio
Direção de dublagem: Silva, Edson

Montagem
Montagem: Araújo, Raul I.
Edição: Araújo, Raul I.

Direção de arte
Guarda-roupa: Sentier Modas

Dados adicionais de direção de arte
Maquiagem: Silva, Rildo
Penteados: Oliveira, Ondino de; Sardinha, Lucy
Vestuário: Oliveira, Ondino de

Música
Produção musical: Araújo, Élio Vieira de; Araújo, Raul

Dados adicionais de música
Título da música: Polca Trischt-Trascht;
Música de: Strauss Jr., Johann;

Título da música: Orfeu no inferno;
Música de: Offenbach, Jacques;

Título da música: Perichole, L;
Música de: Offenbach, Jacques;

Título da música: Contos de Hoffmann, Os;
Música de: Offenbach, Jacques;

Título da música: Tema do amor
Música de: Usai, Remo

Bibliografia

Internet:

.

Fontes utilizadas:
CB/Transcrição de letreiros-Cat
Press-release
Guia de Filmes, 32
O Estado de S. Paulo, 24.08.1970
ALSN/DFB-LM

Fontes consultadas:
ACPJ/II

Observações:
Guia de Filmes 32 informa a estréia em São Paulo em grande circuito; lançamento no Rio a 22.03.1971 em bom circuito, passando a uma sala na terceira semana, sendo o quarto longa-metragem de e a segunda produção da .
ACPJ/II indica assistência de direção de ; assistência de sonografia de ; cenografia de ; o eletricista ; o assistente de eletricista e no elenco .
Outras fontes incluem ; e no elenco.
foi o responsável pela maquilagem do elenco feminino; realizou os penteados do elenco feminino. Já os penteados de Olivia Pineschi foram realizados por . realizou o guarda-roupa das atrizes Olivia Pineschi e Tuska.
ALSN/DFB-LM indica como co-montador e como assistente de maquiagem.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “As Escandalosas (1970)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.