fbpx

Assalto à Brasileira (1971)

Sinopse

O favelado Zeca, amigo de marginais, nunca pensou em assaltar alguém até o dia em que sente a falta de dinheiro para se casar. Influenciado pelos amigos resolve assaltar uma fábrica com a ajuda de um ladrão de galinhas, Onofre, seu futuro sogro. Tudo é planejado em detalhes. Mas Zeca não contava com a burrice de Onofre, que em vez de levar um cronômetro leva um relógio cuco. O assalto fracassa por causa do guarda noturno e da noiva, que chega correndo para livrar Zeca e o pai de confusões ainda piores.

Elenco

Mamede, Sônia (Julia)
Flávio Migliaccio …. Zeca
Brandão Filho (Onofre)
Higino, Raymundo
Azevedo, Waldir
Lemos, Brioli
Tourin, César das Neves
Cheiroso (Guarda)
Rawel, Gilberto
Vieira, Manoel (Vigia)
Tavares, Custódio
Souza, Gilberto

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Assalto à Brasileira (1971) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Flávio Migliaccio
Argumento: Flávio Migliaccio
Roteiro: Flávio Migliaccio
Assistência de direção: Souza, Gilberto Lima
Produção: Chadler, Adolpho
Direção de fotografia: Pace, Alberto
Assistência de fotografia: Tavares, Custódio
Sonografia: José, Geraldo
Montagem: Higino, Raymundo
Música: Azevedo, Waldir
Companhias Produtoras: Adolpho Chadler Produções Cinematográficas; Art Films S.A.; Royal Filmes; Eurofilmes Importadora e Distribuidora Ltda.
Companhia Distribuidora: Art Films S.A.

Bibliografia

Fontes utilizadas:
Guia de Filmes, 34

Fontes consultadas:
ACPJ/II
ALSN/DFB-LM

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.