fbpx

Azar (2018)

É uma sexta-feira 13. Alice decide ficar em casa.

Filme dirigido por Gabriel Duarte, foi realizado através do Edital de Curtas de Juiz de Fora 2017, publicado pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), através da Fundação Cultural Alfredo Ferreira Laje (Funalfa), referente ao Convênio Nº833234/2016 com o Ministério da Cultural/Secretaria do Audiovisual.

Em 2018, Azar foi selecionado para a programação da Mostra Competitiva Mercocidades na Primeiro Plano 2018 – Festival de Cinema de Juiz de Fora e Mercocidades e para 23ª Mostra de Cinema de Tiradentes (2019).

Soraya Ravenle …. Alice
Júlia Perrotti
Cícero Vilella
Evandro Gonçalves Júnior

Nilson Alvarenga
Márcia Falabella

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Azar (2018) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Gabriel Duarte
Roteiro: Gabriel Duarte
Assistente de direção: Isadora Gonçalves
Preparação de elenco: Márcia Falabella
Produção: Madalena Costa e Júlia Gama Fernandes
Direção de fotografia: Nilson Alvarenga
Foquista: Inês Oliveira
Assistentes de fotografia: Danilo Pereira e Fernanda Castilho
Stills: Laura Santos e Danilo Pereira
Correção de cor: Nilson Alvarenga
Direção de arte: Cristina Moraes Duarte e Júlia Perrotti
Maquiagem: Raquel Cataldi
Assistentes de arte: Raquel Cataldi e Madalena Costa
Montagem: Madalena Costa
Direção de som: André Medeiros
Mixagem de som: André Medeiros
Catering: Benita Costa, Jodemar Costa e Maria Elena da Silva
Apoio: Ritz Plaza Hotel | Mr. Tuggas

Livros:

Internet:

BORGES, Gabriel Ferreira. Assista a 5 curtas-metragens com DNA juiz-forano. Disponível no endereço: https://tribunademinas.com.br/especiais/confira-especiais/19-02-2021/assista-a-5-curtas-metragens-com-dna-juiz-forano.html
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Azar. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/azar/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Azar (2018)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.