fbpx

Bárbara Alvarez

Bárbara Alvarez é uma diretora de fotografia uruguaia nascida em Montevidéu no dia 03 de janeiro de 1970.

Como grande experiência como diretora de fotografia nos países do Mercosul, fotografando filmes como o uruguaio Whisky, o argentino A Mulher sem Cabeça e o chileno A Vida dos Peixes, decidiu radicar-se no Brasil.

Em terras brasileiras, fotografou para o cineasta José Eduardo Belmonte, o longa O Gorila (2012). Com Anna Muylaert fez Que horas ela volta? (2014) e Mãe só há uma (2016). Com Tomas Portella, fotografou Operações Especiais (2015).

Filmografia

2019 :: A Febre
2017 :: O Animal Cordial
2016 :: Mãe só há uma
2015 :: Operações Especiais
2014 :: Que horas ela volta?
2013 :: Boa Sorte
2012 :: O Gorila
2010 :: The Life of Fish (A Vida dos Peixes_ (Chile)
2008 :: The Headless Woman
2006 :: El Custodio a/k/a The Minder
2006 :: 8 Horas
2004 :: El Bregman
2004 :: Whisky (Uruguai)
2003 :: El Viaje hacia el mar (2003) a/k/a A Trip to the Seaside and Seawards Journey
2002 :: Mandado hacer
2002 :: Perro perdido
2001 :: 25 Watts
1993 :: Cuantas veces más
1993 :: Distracción fatal
20 :: A Mulher sem Cabeça (Argentina)

Bibliografia

Livros:

Internet:

CAETANO, Maria do Rosário. Fotógrafa uruguaia Bárbara Alvarez participa do debate de Boa Sorte em Paulinia. Disponível no endereço: http://revistadecinema.com.br/2014/07/fotografa-uruguaia-barbara-alvarez-participa-do-debate-de-boa-sorte-em-paulinia/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Bárbara Alvarez. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/barbara-alvarez/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

2 comentários sobre “Bárbara Alvarez

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.