fbpx

Camila Pitanga

Biografia

Camila Manhães Sampaio, em arte mais conhecida como Camila Pitanga, é uma atriz, cineasta, roteirista e produtora brasileira nascida no Rio de Janeiro (RJ) no dia 14 de Junho de 1977. É filha dos atores Vera Manhães e Antônio Pitanga e irmã do também ator Rocco Pitanga.

Estudou no Colégio Pentágono, do Rio de Janeiro. Quando tinha oito anos seus pais separam-se e ela fica com o pai, acompanhando-o nas gravações e logo se interessa pela vida artística. Sua estreia no cinema acontece em 1984, aos seis anos de idade, quando foi figurante no filme Quilombo, de Carlos Diegues. Depois, ainda muito jovem começa carreira de modelo e manequim. Em 1989, foi uma das Angeliquetes, uma das assistentes de palco da apresentadora Angélica, no programa televisivo infantil Clube da Criança, da extinta TV Manchete.

Em 1993, aos 16 anos de idade, estreia como atriz na televisão, na minissérie Sex Appeal, como a modelo Vilma. Pelo bom desempenho, no mesmo ano, faz sua primeira novela, logo em seguida, Fera Ferida e, no cinema, atua em Super Colosso (1995).

Seu primeiro papel de destaque, porém, foi como a Paraguaçu na microssérie A Invenção do Brasil, e depois veio a sua primeira antagonista Esmeralda, da novela Porto dos Milagres, e Mônica Santana, na novela Belíssima. Conseguiu bastante destaque com a personagem Luciana na novela Mulheres Apaixonadas como par romântico de Rodrigo Santoro. As cenas de amor versus ódio fazem sucesso até hoje no Youtube bem como o jargão Amor de primo não acaba nunca, embalada pelo sucesso Amor Maior, do Jota Quest. Em seguida veio a marcante prostituta Bebel da novela Paraíso Tropical, a melhor personagem de sua carreira que a consagrou como uma grande atriz brasileira. Bebel foi sua segunda antagonista e um dos principais fatores do sucesso de Paraíso Tropical. Durante a trama, a atriz recebeu convite para posar nua para a Revista Playboy graças ao seu enorme apelo sensual na novela. Porém a atriz afirmou não ver possibilidade de tirar a roupa para nenhuma revista masculina.

Com talento, beleza e simpatia, vai conquistando seu espaço em minisséries, programas e novelas como A Próxima Vítima (1995), Malhação (1996/1997), Pecado Capital (1998), Porto dos Milagres (2001), Mulheres Apaixonadas (2003), A Grande Família (2002/2003) (dois episódios), Belíssima (2005), Paraíso Tropical (2007), roubando todas as cenas como a prostituta Bebel, que conquistou o Brasil, e Faça sua História (2008).

Ao longo da carreira artística, desenvolve também regular carreira no cinema, atuando em filmes importantes como Caramuru, a Invenção do Brasil (2001), Bendito Fruto (2004), Signo do Caos (2005), último filme de Rogério Sganzerla, Noel, o Poeta da Vila (2006) e Saneamento Básico, o Filme (2007).

Camila é casada, desde 2000, com o cenógrafo e diretor de arte Cláudio Amaral Peixoto. Em 19 de maio de 2008, nasceu Antônia, sua primeira filha. Antônia nasceu de parto cesáreo, pesando 3,2 kg e medindo 51 cm, num hospital do Rio de Janeiro.

Depois de ser a protagonista da novela Cama de Gato, esteve no ar na novela Insensato Coração, interpretando a personagem Carolina.

Filmografia

:: Filmografia como Atriz ::

2014 :: Rio, Eu te Amo (Episódio: Quando não há mais amor)
2013 :: Uma História de Amor e Fúria
2011 :: Lutas
2011 :: Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios
2009 :: Meia Encarnada Dura de Sangue (CM)
2007 :: Saneamento Básico, o Filme
2006 :: Noel – Poeta da Vila
2006 :: Mulheres do Brasil
2005 :: O Signo do Caos
2005 :: Sal de Prata
2004 :: Bendito Fruto
2004 :: Redentor
2003 :: Bala Perdida (CM)
2002 :: O Preço da Paz
2001 :: Caramuru – A Invenção do Brasil
1998 :: The Big Shit (CM)
1995 :: Super Colosso
1984 :: Quilombo

:: Filmografia como Diretora ::

2016 :: Pitanga – O Filme (codir. Beto Brant)

:: Filmografia como Roteirista ::

2016 :: Pitanga – O Filme

:: Filmografia como Produtora ::

2016 :: Pitanga – O Filme

Prêmios

:: Melhor Atriz por sua atuação em Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios no Festival do Rio 2011.

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

ALMEIDA, Paulo Sérgio; OLIVEIRA, José Maria de. (org.). Quem é Quem no Cinema. Rio de Janeiro: Iluminuras, 2003.
SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

FILMEB. http://www.filmeb.com.br/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Camila Pitanga. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/camila-pitanga/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]