fbpx

Carlos Nascimento

Biografia

Carlos Nascimento é um cineasta e diretor de fotografia brasileiro nascido em São Paulo (SP) em 1961. É filho do produtor-diretor Nilton Nascimento, aprende tudo em cinema com o pai, em seu estúdio, a Alfafilme.

Com apenas quinze anos de idade já é assistente de câmera no filme Zé Sexy…Louco, Muito Louco Por Mulher, direção de José Vedovato. em 1976. Em 1978, fotografa seu primeiro filme, Com Mulher é Bem Melhor e dirige em 1980 dirige o curta Auto Escola.

Seu primeiro longa como diretor é Edifício Treme-Treme, em parceria com Syllas Bueno iniciando-se a partir daí uma das maiores filmografias do pornô-explícito brasileiro.

A partir dos anos 1990, com o fim do gênero, passa a dedicar-se ao cinema publicitário.

Filmografia

Filmografia: 1978- Com Mulher é Bem Melhor (fot.); 1980-Auto Escola (CM) (dir., fot.); 1982-Perdida em Sodoma (fot.); Prevenção de Incêndio (CM) (dir., fot.); 1984-Ou Dá…Ou Desce (fot.); 1985-Como Fazer Um Filme Erótico em Dez Lições (fot.); Edifício Treme-Treme (dir.) (codir Syllas Bueno); Escândalos do Sexo Explícito (dir., fot.) (codir Sylas Bueno); Miss Close (dir.) (co-fir. Sylas Bueno); 69 Minutos de Sexo Explícito (dir.); Sexo Diferente (dir.) (codir Sylas Bueno); Tentações (cofot. Eliseo Fernandes); Vale Tudo em Sexo Explícito (dir.); (codir Sylas Bueno);Vem Que Tem! (dir.) (codir Sylas Bueno);1986-Gata Sem Pudor (dir.) (codir Sylas Bueno); O Quarto Sexo (dir.); Carnaval do Sexo (dir.) (codir Nilton Nascimento); Cambalacho Sexual (dir., fot.); Vira e Mexe (dir.); 1987-Arrepios! (dir., fot.) (codir Sylas Bueno); Carnaval 87 – Só Deu Bumbum (dir.) (codir Sylas Bueno); Curto e Grosso (dir.); Delírios de Marilyn (dir.); Eles Só Comem Cru (dir.); Manda Braza (dir.); Quem Pode…Pode! (dir.); Tráfico de Menores (dir.); 1988-A Poupança Tá Rendendo (dir.); Bafo na Nuca (dir.) (codir Nil-ton Nascimento);Confissões de Uma Pecadora (dir.) (codir Nilton Nascimento); Garotas Sem Problemas (dir.); Lavou Tá Novo (dir.); O Burado é Mais Embaixo (dir.); Pau na Máquina (dir.) (codir Nilton Nascimento); Visões Eróticas de Belinda (codir Nilton Nascimento); 1989-Acredite Se Puder (dir.); As Aventuras do Kacete (dir.); As Novas Aventuras do Kacete (dir.); Coça Que Cresce (dir.); Com o Ferro em Brasa (dir.); Confissões de Uma Xoxota (dir.); Elas Fazem de Tudo (dir.); Grandes Trepadas (dir.); Loucas de Amor (dir.); Meu Pipi no Seu Popó (dir.); Os Sete Desejos de Jaqueline (dir.); Os Sonhos Que a Gente Não Conta (dir.); Ou Vai, Ou Racha (dir.); Puxa Que Estica (dir.); Vida Íntima de Uma Estrela de TV (dir.) (codir Sylas Bueno); 1990-A Menina e o Porquinho (dir.); Cleópatra -Sua Arma Era o Sexo (dir., fot.) (codir Nilton Nascimento); Mexe Demais (dir.); Nero, a Loucura do Sexo (dir.) (codir Nilton Nascimento); Uma Dona Muito Boa (dir., fot.) (codir Nilton Nascimento); 1991-Batxota, a Mulher Morcego (dir.); Dando Sopa (dir., fot.); E o Pau Comeu Solto (dir.); Feiticeiras do Sexo (dir., fot.); Safadas e Chifrudos (dir.); Salomé, a Tentação (dir.) (inacabado); Se a Galinha é Boa,
o Pinto Não Falha (dir., fot.) (codir Nilton Nascimento); 1992-Horas Ardentes (dir.); 1996-Oi, Amor! (CM) (fot.)

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Dicionário de Fotógrafos do Cinema Brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2011.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.