fbpx

Carmem Violeta (1908-2005)

Biografia

Carmen Violeta nasceu como Germana Barbosa, na cidade de Santana do Livramento, no estado do Rio Grande do Sul, em 1908. Seguiu em sua infância para o Rio de Janeiro, então Estado da Guanabara, onde inicia sua carreira artística através da dança e do canto lírico.

Em 1929 estreou nas telas, com o filme Barro Humano. Seguiram os filmes Lábios sem beijos (seu maior sucesso), O preço de um prazer, dentre outros.

A atriz passa a integrar o clã das musas da Cinédia, um novo estúdio que surgia no Rio. Carmem Violeta marca presença nos dois primeiros filmes da Cinédia, os também clássicos Lábios Sem Beijos, de Humberto Mauro, e Mulher, de Octávio Gabus Mendes.

Em Mulher, é escalada por Adhemar Gonzaga para ser a protagonista. A atuação da atriz é elogiada e o filme, de temática ousada para a época, torna-se um dos sucessos do estúdio.

No ano seguinte, em 1932, Carmem Violeta volta a ser dirigida por Octávio Gabus Mendes em Onde a Terra Acaba, seu último filme no Cinema Nacional. Neste último obteve seu maior sucesso.

Filmografia

1933 :: Onde a Terra Acaba
1931 :: Mulher
1931 :: O Preço de Um Prazer
1930 :: Lábios Sem Beijos
1929 :: Barro Humano
1928 :: Brasa Dormida

Fontes de Referência

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.