fbpx

Cassiano Ricardo

Cassiano Ricardo é um ator, dublador, radialista e apresentador brasileiro. Formou-se em Artes Cênicas pela ECA da USP.

Estreou no cinema em 1977 no filme O Mártir da Independência. Em 1987, dublou o programa Topo Gigio e, em 2001/2002, o Clube do Chaves.

Pela TV Cultura, participou dos programas Bambalalão e Som Pop. Por sua desenvoltura, foi convidado a apresentar o programa Enigma e, depois, Janela Indiscreta. Pela TV Bandeirantes, apresentou O Melhor de Todos.

Na televisão, como ator, estreou na Manchete em 1989 na novela Kananga do Japão, no papel de Luiz Carlos Prestes, depois nas minisséries Na Rede de Intrigas (1991) e Filhos do Sol (1991). Na TV Globo, desde 1991, participou de Felicidade (1991), Anjo Mau (1997), e programas como Você Decide (1996) e A Diarista (2004).

No teatro, entre outras, participou de Procura-se um Tenor e Caixa Dois e emprestou sua voz para locução de comerciais.

Como radialista, trabalhou nas rádios USP, Jovem Pan e Bandeirantes, na qual integrou a equipe de esportes entre 1982 e 1984.

Na Rede TV, trabalhou no Bola na Rede e depois pela CNT no programa No Pique, sob o comando do jornalista Roberto Avallone.

Filmografia

1977 – O Mártir da Independência
1978 – Seduzida pelo Demônio
1979 – Adultério Por Amor
1983 – O Médium: A Verdade sobre a Reencarnação
1987 – O País dos Tenentes
1988 – História Familiar (CM); Fogo e Paixão
1990 – Espectador (CM)
1993 – Capitalismo Selvagem
1995 – Esperando Roque (CM); Felicidade É… (episódio: O Sonho)
1997 – O Velho – A História de Luiz Carlos Prestes (narração poética)

Bibliografia

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

Internet:

HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Cassiano Ricardo. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/cassiano-ricardo/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.