fbpx

Castelo de Terra

Sinopse

Documentário em longa-metragem, dirigido pela francesa Oriane Descout, residente na zona rural de Rio Pomba (MG) desde 2011. O filme mostra os desafios enfrentados por ela e seu companheiro, Marcio Soares Santos na busca de um sonho: uma vida auto gerida e auto sustentável, construída passo a passo na zona rural de Minas Gerais. As gravações tiveram início em 2012, com registros do cotidiano do casal em sua vivência.

A produção executiva de Castelo de Terra no Brasil é de Tatiana Mitre, da Amarillo Produções Audiovisuais (Belo Horizonte), e de Milana Christitch, da produtora Ana Films, na França, em Estrasburgo.

O roteiro de Montagem é de Ana Carolina Soares, e montagem de João Gabriel Ríveres (Brasil), e Éléonore Greif (França). Produção local de Rafaella Lima (Visconde do Rio Branco) e Renatta Barbosa (Cataguases). Trilha sonora de Wagner Candiam, do Conservatório de Música de Visconde do Rio Branco.

Elenco

Oriane Descout
Marcio Soares Santos

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Castelo de Terra que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Oriane Descout
Roteiro de Montagem: Ana Carolina Soares
Produção Executiva: Tatiana Mitre e Milana Christitch
Produção local: Rafaella Lima (Visconde do Rio Branco) e Renatta Barbosa (Cataguases)
Montagem: João Gabriel Ríveres (Brasil) e Éléonore Greif (França)
Trilha sonora de Wagner Candiam
Empresa Produtora: Amarillo Produções Audiovisuais
Coprodutora Ana Films

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.