fbpx

Castigo (2020)

Releitura da obra Crime e Castigo, do aclamado autor russo Dostoiévski.

Produzido como projeto de conclusão de curso de Iago Kieling, juntamente com Caio Almeida, que assina a produção, e Benny Leite, diretor de arte. Eles se formaram em Comunicação Social na Universidade Católica de Brasília (UCB) em 2018. A equipe do filme contou com quase 30 pessoas, e um financiamento coletivo de amigos, colegas e familiares ajudou no orçamento, que foi de cerca de R$ 5 mil. Como foi um projeto para a universidade, ninguém recebeu pelo trabalho. Ao todo, foram quatro diárias de gravação.

O curta-metragem brasiliense recebeu o prêmio de melhor filme no Digital Gate International Film Festival (DGIFF), festival internacional de curtas-metragens da Argélia, país árabe do Norte da África. O filme dirigido por Iago Kieling também conquistou o prêmio de melhor ator para Lúcio Campello.

Elenco

Lúcio Campello

Ficha Técnica

Direção: Iago Kieling

Bibliografia

Internet:

FONSECA, Bruna Garcia. Filme brasileiro vence festival de curtas na Argélia. Disponível no endereço: https://anba.com.br/filme-brasileiro-vence-festival-de-curtas-na-argelia/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Castigo. Disponível no endereço: https://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/castigo/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.