fbpx

Cego Aderaldo – O Cantador e o Mito (2011)

Sinopse

FOTO Cego Aderaldo - O Cantador e o MitoCego Aderaldo (1878-1967) foi não apenas o maior nome da poesia cantada e improvisada no Brasil, foi também um mito nacional. Cego Aderaldo adotou e criou, como filhos, 26 crianças. A todos deu estudo e profissão. Inovador e criativo, foi exibidor de cinema na década de 30 e levou a cantoria para grandes capitais, onde era saudado como personagem da dimensão de Padre Cícero e Lampião. A sua obra influenciou a música popular e as artes brasileiras, nas décadas de 50 e 60. O filme conta a história deste artista extraordinário, revelando as suas lutas e as suas vitórias, mostrando as dimensões do homem que, superando todas as adversidades, voa até a glória e se encanta no mito.

Filme dirigido por Rosemberg Cariry.

Elenco

Louro Branco (Cego Aderaldo)

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Cego Aderaldo – O Cantador e o Mito (2012) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Rosemberg Cariry
Roteiro: Rosemberg Cariry
Diretor de Produção: Teta Maia
Produtor Executivo: Bárbara Cariry
Diretor de Fotografia: Daniel Pustowka
Operador de Câmera: Daniel Pustowka
Som Direto: Yures Viana
Montador: Rosemberg Cariry e Firmino Holanda
Empresa Produtora: Cariri Filmes

Bibliografia

Livros:

. . : , .

Internet:

CINEMA CEARENSE. Cego Aderaldo – O Cantador e o Mito. Disponível no endereço: http://cinemacearense.com.br/nota/867
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Cego Aderaldo – O Cantador e o Mito. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/cego-aderaldo-o-cantador-e-o-mito/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Cego Aderaldo – O Cantador e o Mito (2011)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.