fbpx

Chofer de Praça (1958)

Zacarias e Augusta formam um casal de pobres sertanejos que chegam à cidade grande para ajudar o filho em seus estudos de medicina, indo morar numa típica vila paulistana, pacata e tranquila. Para ganhar algum troquinho, Zacarias resolve trabalhar como chofer de praça e cria as maiores confusões no trânsito de São Paulo, a bordo de um calhambeque caindo aos pedaços. O filho tem vergonha e renega os pais. Ao final, com a formatura, tudo se resolve: a harmonia volta a reinar na família.

Elenco

Amácio Mazzaropi …. Caría
Prado, Geny (Augusta)
Nabuco, Ana Maria (Iolanda)
Morales, Carmem (Rita)
Helena, Maria (Noiva rica)
Duval, Roberto (Pai da noiva rica)
Faria, Celso
Rocha, Marlene
Marques, Nina
Viana, Nena
Lacerda, Benedito
Jota Neto
Biguá

Soares, José
Orioni, Luiz
Martini, Reinaldo
Cavagnole Neto
Marino, Vic
Robertinha
Bolinha

Miranda, José
Cardoso, Joel
Saraiva, Hamilton
Santos, Eupídio dos
Barbosa, Sebastião
Mellin, Joel
Cesar, Genésio
Assis, Rubens
Michel, Clenira
Leite, Nadir
Cidoca
Marcondez, Dhalia
Faya, Julieta
Fernandes, Olinda
Garcia, Lola
Ramos, Francis
Bittencourt, Lana
Rayol, Agnaldo

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Chofer de Praça (1958) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Milton Amaral
Argumento: Amácio Mazzaropi
Roteiro: Barros, Carlos Alberto de Souza
Diálogos: Amácio Mazzaropi e Soares, José
Continuidade: J. Carlos Ferrarezi
Direção de produção: Aidar, Félix
Direção de fotografia: Rodolfo Icsey
Assistência de câmera: Fraga, Marcial Alfonso
Fotografia de cena: Tanon, Eduardo
Engenharia de som: Hack, Ernest; Warnowisck, Constantino; Filitechanu, Boris
Montagem: Braun, Lúcio; Costa, Gilberto
Cenografia: Ambrosio, Geraldo
Maquiagem: Viveiros, Amauri
Direção musical: Fietta, Hector Lagna
Companhia Produtora: PAM Filmes – Produções Amácio Mazzaropi
Companhias Distribuidoras: Distribuidora de Filmes Sino Ltda. | Pan Filmes

Canção
Título: Se alguém telefonar;
Autor da canção: Vermelho, Alcir Pires e Amorim, Jair;
Intérprete: Bittencourt, Lana;

Título: Onde estará meu amor
Autor da canção: Posce, Rina
Intérprete: Rayol, Agnaldo;

Título: Isabel não chores
Intérprete: Amácio Mazzaropi

Prêmios

Prêmio Governador do Estado de São Paulo, 1959 de Melhor Atriz Secundária para Nabuco, Ana Maria..
Destaque no Festival de Poços de Caldas, 1959, MG.

Bibliografia

Fontes de Referência:

Livros:

DUARTE, Paulo. Mazzaropi: uma antologia de risos. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2009.
FRESSATO, Soleni Biscouto. Caipira sim, trouxa não: representações da cultura popular no cinema de Mazzaropi. Salvador: EDUFBA, 2011.
MATOS, Marcela. Sai da Frente! – A Vida e a Obra de Mazzaropi. São Paulo: Desiderata, 2010.
ROCHA, Glauber. Revisão crítica do cinema brasileiro. : , .
TOLENTINO, Célia Aparecida Ferreira. O Rural no Cinema Brasileiro. São Paulo: Unesp, 2001.

Internet:

MUSEU MAZZAROPI. Disponível no endereço: http://www.museumazzaropi.com.br/. Acesso em: 28 de set. de 2011.
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Amácio Mazzaropi. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/amacio-mazzaropi/
WIKIPEDIA. Disponível no endereço: http://pt.wikipedia.org/wiki/Amácio_Mazzaropi. Acesso em: 28 de set. de 2011.

Fontes utilizadas:
Material examinado
AV/ICB
CENS/II
Certificado de Censura Federal
ALSN/DFB-LM
CENS/I

Fontes consultadas:
ACPJ/I
FCB/FF
LRB/CP
LFM/DCB

Observações:
A distribuição em 1964 era da PAM Filmes.
Material examinado com 2.635m.
Festival de Poços de Caldas: Festival de Cinema de Poços de Caldas.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Chofer de Praça (1958)

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.