fbpx

Cine-Teatro Nelli – Botucatu – SP

Histórico

FOTO Cine Teatro NelliCine Teatro Nelli foi um cinema de rua localizado na cidade de Botucatu (SP), na Praça XV de Novembro, no Centro.

O nome do cinema foi dado em homenagem à Armando Joel Nelli, pelo fato de sua construção se deu por meio de uma empreitada do próprio Nelli, que arrecadou recursos em troca de cadeiras cativas no espaço, que originalmente foi concebido como sendo um espaço-sede do Teatro Amador da Escola Normal Cardoso de Almeida (TAENCA) – criado em 1958. A pedra fundamental do teatro ocorreu em 01 de setembro de 1962, com a presença do presidente da então Caixa Econômica do Estado e autoridades locais e estaduais. Como homenagem ao emprenho do teatrólogo, o espaço recebeu o nome de Cine-Teatro Nelli.

Em 29 de janeiro de 1964, o projeto do teatro foi transformado em cinema e incorporado à Empresa Teatral Peduti.

Assim o Cine-Teatro Nelli serviu como uma das várias salas de cinema que a cidade de Botucatu possuía, ao lado do Cine Vila Rica, na Vila dos Lavradores, e do Cine Casino, localizado ao lado da Rádio Municipalista, na Praça Emílio Peduti.

A Cinematográfica Araújo, empresa reponsável pela única sala de cinema que Botucatu teve durante anos, comunicou o fim das atividades naquele espaço. Oficialmente, a sessão derradeira do encerramento de suas atividades aconteceu no dia 25 de junho de 2014, às 20 horas, com o filme Como Treinar Seu Dragão 2.

O imóvel que, originalmente, foi doado para abrigar a sede do Teatro Amador da Escola Normal Dr. Cardoso de Almeida (Taenca). A entidade, que por muitos anos ficou desativada, optou por encerrar suas atividades em assembleia realizada em 08 de fevereiro de 2014.

Diante disso, o município resolveu retomar o imóvel, entrando com uma ação judicial própria, cumprindo o artigo 2º da Lei 681/58, demonstrando assim a necessidade e a urgência na retomada do patrimônio público de Botucatu.

Fábio Fernandes Lima, juiz da 2ª Vara Cível, proferiu sentença no dia 28 de agosto de 2014, que garantiu à Prefeitura de Botucatu (100 quilômetros de Bauru) o direito legal de manter a posse do prédio. Em sua decisão, o juiz cita que há prova inequívoca de que a associação donatária já não mantinha mais suas atividades, caracterizada a dissolução de fato, que justifica a retomada do imóvel doado. Fábio Fernandes Lima menciona, ainda, haver risco de deterioração do imóvel pela não realização de manutenção, imóvel classificado como patrimônio artístico do município de Botucatu.

Com a extinção do Grupo TAENCA, o prédio passou a pertencer à Prefeitura de Botucatu. Também vão para os cofres públicos R$ 300 mil em saldo bancário do patrimônio do Grupo. Segundo acordo com o secretário municipal de Cultura, Osni Ribeiro, após reuniões com o prefeito João Cury Neto (PSDB), ficou estipulado que será dada uma destinação cultural ao prédio.

Bibliografia

Livros:

DELMANTO, Armando Moraes. Memórias de Botucatu. Botucatu, 1990.

DONATO, Hernâni. Achegas para a História de Botucatu. Botucatu, 1953.

Internet:

MELEGO, Thiago. ARAE14. Cine Nelli encerra oficialmente as atividades. Disponível no endereço: http://www.area14.com.br/index.php/cine-nelli-encerra-oficialmente-atividades/. Acesso em: 11 de outubro de 2016.

BAURU POCKET. Justiça devolve Cine Teatro Nelli, patrimônio cultural de Botucatu. Disponível no endereço: http://www.baurupocket.com.br/mais/noticias/2014/08/justica-devolve-cine-teatro-nelli-patrimonio-cultural-de-botucatu.html. Acesso em: 11 de outubro de 2016.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.