fbpx

Cinematográfica Ipatinga

A Cinematográfica Ipatinga era uma empresa de médio porte dirigida por Ronaldo Fagundes Passos, filho de João José Passos, um dos precursores da distribuição de filmes na região de Botucatu, é hoje um dos principais exibidores da região. Sua empresa, a Moviecom, teve origem na Cinematográfica Passos, criada em 1926, apenas como distribuidora. A partir dos anos 40 assumiu também a exibição, associada, apenas no início, à Cinematográfica Araújo. Em março de 2003, como parte de seu processo de modernização, a Cinematográfica Passos adotou o novo nome fantasia de “Moviecom”. Em 2002, administrada por Ronaldo e por seus filhos, João José Passos Neto e Gustavo C. Passos, a empresa chegou a ocupar o sétimo lugar no ranking de exibidores nacionais, contando com um circuito de mais de 50 salas, incluindo casas do associado Leonardo F. de Faria, a maioria no interior de São Paulo, mas também algumas no Paraná, Mato Grosso, Goiás e em Minas Gerais.

Em 2003 e 2004, a Moviecom ampliou seu conjunto no Pruden Shopping, em Presidente Prudente (SP), no Taubaté Shopping em São Paulo, inaugurou mais cinco salas em Aracaju, sete em Jundiaí e outras 8 na Penha. Em 2005, completou um total de 80 salas com a inauguração de um complexo de 5, no Shopping Boa Vista em São Paulo. A Moviecom fechou o ano de 2008 com 90 salas pelo país.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Cinematográfica Ipatinga

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.