fbpx

Cinematográfica Vera Cruz Ltda.

Histórico

A CINEMATOGRÁFICA VERA CRUZ LTDA., empresa fundada em 1949 e ativa até hoje, produziu e co-produziu mais de 40 (quarenta) filmes de longa metragem, além de alguns documentários. Muitos desses filmes adquiriram prestigio nacional e às vezes internacional, fazendo hoje parte integrante da historia do Cinema Brasileiro.

Produziu também alguns documentários, entre eles Painel (produzido em 1951) e Santuário (1952), dirigidos por Lima Barreto, Obras Novas, São Paulo em Festa de Marcelo Grassman.

Alguns desses filmes receberam diversos prêmios no Brasil e em Festivais Internacionais, entre eles Cannes e Veneza.

Os espectadores desses filmes variaram de 20.000.000 (O CANGACEIRO) a 2.500.000, sendo esses valores aproximados, não havendo dados completos dos distribuidores.

Nos últimos anos tem operado principalmente como Distribuidora.

Recentemente iniciou um extenso trabalho buscando a recuperação de seu acervo e sua disponibilização ao grande público.

Produziu em 2000 o cd-rom “VERA CRUZ e Seus Filmes”.

Realizou em 2001 várias exposições fotográficas a partir de seu acervo, em espaços de grande prestígio, como o Museu Casa das Rosas em São Paulo e durante o Festival de Cinema de Gramado.

Lançou em abril de 2003 o livro Vera Cruz: imagens e história do cinema brasileiro.

Em 2004/2005, realizou o restauro e a digitalização de seu acervo iconográfico constituído de mais de 10.000 negativos e documentos, com apoio e incentivo fiscal da Prefeitura do Município de São Paulo com patrocínio da empresa de saúde Intermédica.

Em 2006, inicia o restauro de seu acervo cinematográfico, através de 5 documentários , que alem de novos negativos, cópias de difusão e cópias digitais, foram lançados em DVD com apoio da empresa REDECARD.

Começa também a partir de 2006, a realizar alianças e parcerias com outras produtoras para voltar a produzir.

Filmes Produzidos

Enumeramos a seguir esses filmes, produzidos durante as diversas fases da Empresa, inclusive aqueles em que atuou como co-produtora, em diversos níveis:

:: 1951 ::
:: Caiçara – Dirigido por Adolfo Celi
:: Terra é sempre Terra – Dirigido por Tom Payne e Abílio Pereira de Almeida

:: 1952 ::
:: Ângela – Dirigido por Tom Payne e Abílio Pereira de Almeida
:: Sai da frente – Dirigido por Abílio Pereira de Almeida
:: Tico-Tico no Fubá – Dirigido por Adolfo Celi
:: O Cangaceiro – Dirigido por Lima Barreto
:: Appassionata – Dirigido por Fernando de Barros
:: Nadando em dinheiro – Dirigido por Abílio Pereira de Almeida e Carlos Thiré
:: Uma pulga na balança – Dirigido por Luciano Salce

:: 1953 ::
:: Sinhá Moça – Dirigido por Tom Payne e Oswaldo Sampaio
:: Esquina da Ilusão – Dirigido por Ruggero Jaccobi
:: É proibido beijar – Dirigido por Hugo Lombardi
:: Candinho – Dirigido por Abílio Pereira de Almeida
:: Luz apagada – Dirigido por Carlos Thiré

:: 1954 ::
:: Na senda do crime – Dirigido por Flaminio Bollini
:: Floradas na serra – Dirigido por Luciano Salce

:: 1956 ::
:: O Sobrado – Dirigido por Walter George Durst e Cassiano Gabus Mendes
:: O gato de Madame – Dirigido por Agostinho Martins Pereira
:: Osso, Amor e Papagaios – Dirigido por César Memolo e Carlos A. Souza Barros

:: 1957 ::
:: Paixão de Gaucho – Dirigido por Walter George Durst
:: Estranho encontro – Dirigido por Walter Hugo Khouri
:: Rebelião em Vila Rica – Dirigido por Geraldo e Renato Santos Pereira

:: 1958 ::
:: Ravina – Dirigido por Rubem Biáfora

:: 1964 ::
:: Imitando o Sol – Dirigido por Geraldo Vietri
:: Noite vazia – Dirigido por Walter Hugo Khouri

:: 1966 ::
:: O corpo ardente – Dirigido por Walter Hugo Khouri

:: 1968 ::
:: As amorosas – Dirigido por Walter Hugo Khouri

:: 1970 ::
:: Pindorama – Dirigido por Arnaldo Jabor
:: Grande Sertão – Dirigido por Geraldo e Renato Santos Pereira
:: O palácio dos Anjos – Dirigido por Walter Hugo Khouri
:: Verão de fogo – Dirigido por Pierre Kalfon

:: 1971 ::
:: Um certo Capitão Rodrigo – Dirigido por Anselmo Duarte
:: Um anjo mau – Dirigido por Roberto Santos

Bibliografia

Livros:

MARTINELLI, Sérgio. Vera Cruz: imagens e história do cinema brasileiro. São Paulo: Abooks, 2002.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]