fbpx

Como fotografei os Yanomami (2018)

Trailer

Sinopse

Uma viagem feita em 2013 pelo diretor Otavio Cury (diretor do também documental Constantino) a uma das regiões mais remotas da Terra Yanomami – a Serra de Surucucu, em Roraima, nas montanhas que fazem divisa com a Venezuela – foi o ponto de partida para o documentário.

O desencontro cultural entre os índios e agentes de saúde chamou a atenção do diretor. Aqueles que levavam as seringas não falavam o idioma Yanomami e não conseguiam conversar com seus pacientes. Só depois percebi que, ao tentar filmar aquele desencontro com minha câmera, eu havia me incluído no problema. Porque para os Yanomami, imagem e saúde estão intimamente ligadas. Foi a partir dessas tensões, ou desse duplo desequilíbrio, que decidi realizar o documentário, reflete Otavio Cury.

Para os Yanomami, estar doente é ter sua imagem agredida. Para resgatá-la, os Xamãs fazem seus rituais de cura. Mas para os enfermeiros que chegam às aldeias, as doenças e os remédios são outros.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Como fotografei os Yanomami (2018) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Otavio Cury
Roteiro: Otavio Cury
Colaboração no roteiro: Sofia Mariutti
Produção executiva: Alice Riff e Leonardo Kehdi Jr.
Direção de produção: Laila Pas
Direção de Fotografia: Julia Zakia e Otavio Cury
Técnico de som: Maurício Zani
Desenho de som e mixagem: Dr. Morris
Montagem: Otavio Cury e João Toledo
Letreiros: Renato Batata
Design: Diego Prosen
Pesquisa de personagens: Flavia Maia
Correção de cor: Henrique Reganatti
Produtor de finalização: Giba Yamashiro
Empresa Produtora: Outros Filmes
Co-produção: Studio Riff

Brasil | 2018 | 72 min. | Documentário

Bibliografia

Livros:

Internet:

DESCOLONIZA FILMES. Como fotografei os Yanomami. Disponível no endereço: http://www.descolonizafilmes.com/portfolio-item/como-fotografei-os-yanomami/
HISTÓRIA DO CINEMA BRASILEIRO. Como fotografei os Yanomami. Disponível no endereço: http://www.historiadocinemabrasileiro.com.br/como-fotografei-os-yanomami/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.