fbpx

Dan Stulbach

Biografia

Dan Filip Stulbach, em arte mais conhecido como Dan Stulbach é um ator, dublador, diretor, apresentador de tv e radialista brasileiro nascido em São Paulo (SP) no dia 26 de setembro de 1969.

Adolescente, presta vestibular para engenharia, medicina e administração. Entrou nas três, mas escolheu engenharia e foi estudar na Universidade Mackenzie durante um ano. Tranca matrícula e vai passar uma temporada em San Diego, nos Estados Unidos, onde fica dois anos estudando interpretação e fazendo bicos de bilheteiro e pipoqueiro para sobreviver. Em seu retorno entra para a Escola Superior de Propaganda e Marketi ng (ESPM) e ao mesmo tempo cursa a Escola de Arte Dramática (EAD) da Universidade de São Paulo. Em 1990 tem sua primeira atuação profissional na peça Peer Gynt, encenada no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo. Nessa época consegue uma vaga de contrarregra e depois assistente de direção na peça Fulaninha e Dona Coisa, dirigida por Marco Nanini, onde ajudava a dirigir Louise Cardoso e Aracy Balabanian. Participa da peça Pestisileias das diretoras Daniela Thomas e Bete Coelho.

Na televisão, estreia em 1997 num pequeno papel na novela O Amor Está no Ar, depois faz uma ponta na minissérie Os Maias, em 2001. Após se dedicar primeiramente a peças de teatro e ao cinema, Stulbach ficou conhecido por interpretar Marcos Soares, um personagem de polêmica na telenovela Mulheres Apaixonadas, na Rede Globo, em 2003. Essa sua grande chance aconteceu porque o autor Manoel Carlos adorara sua interpretação na peça Novas Diretrizes em Tempos de Paz, ao lado de Tony Ramos.

Em 2004, participa de Senhora do Destino; em 2006 da minissérie JK. Em 2007, da minissérie Amazônia de Galvez a Chico Mendes. Chegou ao seu primeiro papel protagonista na televisão com a minissérie Queridos Amigos, em 2008, baseada no livro Aos Meus Amigos, escrito por Maria Adelaide Amaral.

Estreia no cinema em 1999, no filme Cronicamente Inviável (1999). Depois vieram Viva Voz (2003), Mais Uma Vez Amor (2005); o filme americano Living The Dream (2006), ao lado de Marília Pêra; Tempos de Paz (2009) e A Suprema Felicidade (2010).

Desde 2007, é diretor artístico do Teatro Eva Herz, em São Paulo. E em 2015, tornou-se apresentador do programa CQC (Custe o Que Custar), da Rede Bandeirantes. Neste mesmo ano, assumirá o programa Bola da Vez da ESPN-Brasil.

Filmografia

:: Filmografia como Ator ::

2016 :: O Vendedor de Sonhos
2015 :: Meu Amigo Hindu
2011 :: Onde Está a Felicidade? …. Amigo no jantar
2010 :: A Suprema Felicidade
2009 :: Tempos de Paz
2008 :: Dias e Noites …. Felipe
2006 :: Living The Dream (EUA)
2005 :: Mais uma vez Amor
2004 :: Viva Voz
2000 :: Mater Dei
1999 :: Cronicamente Inviável

:: Filmografia como Dublador ::

2016 :: Mogli – O Menino Lobo

Bibliografia

Fontes de Referência

Livros:

SILVA NETO, Antonio Leão da. Astros e estrelas do cinema brasileiro. 2. ed. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Dan Stulbach

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.