fbpx

Deberton Filmes

Deberton Entretenimento é produtora e distribuidora de cinema, teatro e festivais, com sede em Fortaleza (CE). Produziu os premiados “Doce de Coco” (CE, 2010), “O Melhor Amigo” (2013) e “Os Olhos de Arthur” (2016), que juntos participaram de mais de 100 festivais nacionais e internacionais e conquistaram 45 prêmios.

Desde 2013, produz juntamente com o diretor André Gress, o projeto “Broadway Brasil”, em parceria com a Broadway Dreams Fundation (EUA). Em 2015, produziu o primeiro musical da Broadway no Ceará, “Avenida Q” (Avenue Q), patrocinados pelos Correios. No mesmo ano, produziu o longa documentário “Do Outro Lado do Atântico”, de Márcio Câmara e Daniele Ellery, que estreou no Festival de Cinema de Havana. Em 2017, produziu para a EBC a série de TV “Lana & Carol”, de Samuel Brasileiro e Natalia Maia (PRODAV 9/15); o longa “Se Arrependimento Matasse”, de Lília Moema (PRODECINE 1/15); produziu o espetáculo “A Hora da Estrela – O Musical”, baseado na obra de Clarice Lispector, patrocinado pela CAIXA. Em 2018, produziu o curta “Aqueles Dois”, de Émerson Maranhão, que segue carreira em diversos festivais, e também produziu o telefilme “Baião de Dois”, de Allan Deberton e André Araújo, em co-produção com a Globo Filmes.

Tem projetos licenciados para Canais Whoohoo!, SescTv, Canal Brasil, Canal Curta, Porta Curta, Petrobrás, Now, Looke e Walmart, no Brasil; TLA Video (que inclui Home Video), Amazon e Dekkoo, nos Estados Unidos; Canal Nós (Portugal) e Outplay na Europa.

Em 2019, lançou o longa “Pacarrete”, de Allan Deberton, no grandioso 22th Shanghai International Film Festival, competindo ao Golden Goblet Awards. No Brasil, o filme foi selecionado para o 47. Festival de Cinema de Gramado e 26. Festival de Cinema de Vitória. Atualmente, desenvolve os novos projetos: “O Melhor Amigo”, “Doce de Coco”, “Feito Pipa” e “Marcélia.

https://deberton.com/

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.