fbpx

Deserto Azul (2014)

Trailer

Sinopse

LOGO Deserto AzulEm uma era na qual a religiosidade, os esportes, a memória e a veracidade entraram em desuso, os encontros já não acontecem apenas no âmbito da presença fisica. “ELE” busca a elevação de sua consciência por meio de sonhos e intuições. Revelações através de símbolos o conduzem a um caminho evolutivo marcado pelo contato enigmático com sua alma gêmea. Sua jornada pelo Deserto Azul vem revelar a oportunidade de entender o propósito da vida e os significados da existência humana.

O projeto do filme Deserto Azul, do diretor e artista plástico Eder Santos, foi iniciado em 2005, quando foram criadas as primeiras versões de roteiro e storyboard. Agora o filme está em pós-produção na Alemanha, com a ajuda de um projeto de captação via crowdfunding. Foram nada menos que cinco anos captando dinheiro para as filmagens.

As filmagens foram feitas em Brasília e no Deserto do Atacama, no Chile. Agora, a pós-produção está sendo feita no Estúdio Post-Republic, em Berlim. As gravações em Brasília aproveitaram a arquitetura pitoresca da cidade.

O projeto conta com atores conhecidos, como Ângelo Antônio, Maria Luísa Mendonça e Chico Diaz. A fotografia foi dividida entre Pedro Farkas (A Ostra e o Vento, Um copo de cólera e Zuzu Angel) e Stefan Ciupek, especialista em pós-produção digital que trabalhou em 127 horas, Anticristo e no filme ganhador do Oscar por Quem quer ser um milionário?.

O filme traz um detalhe inovador: os cenários trazem obras de 11 artistas plásticos, como Adriana Varejão, Carlito Carvalhosa, Nydia Negromonte e Rita Meyers. Durante as gravações de 2010, o set de filmagens foi aberto ao público e se tornou uma exposição das obras de arte contemporânea usadas na cenografia.

Embora ainda não tivesse sido uma estréia oficial, o filme foi exibido no Festival Videobrasil, que começou no dia 5 de novembro de 2013. O lançamento oficial de Deserto Azul está previsto só para o início de 2014.

Ficha Técnica

Por trás dos filmes, além dos atores, dos figurinos, das câmeras, da arte, do som e de outros elementos mais facilmente perceptíveis na construção qualquer longa metragem, há também um verdadeiro exército de profissionais dedicados a viabilizar cada detalhe do intrincado quebra-cabeça artístico, operacional, logístico e financeiro da produção audiovisual.

Veja logo abaixo a equipe técnica de Deserto Azul (2014) que o portal História do Cinema Brasileiro pesquisou e agora disponibiliza aqui para você:

Direção: Eder Santos
Roteiro: Eder Santos e Mônica Cerqueira
Produção: André Hallak
Direção de Fotografia: Pedro Farkas e Stefan Ciupek
Montagem: Eder Santos, Leandro Aragão e Fabian Remy
Música: Stephen Vitiello
Empresa Produtora: Trem Chic

Bibliografia

Internet:

FESTIVAL DO RIO 2014. http://www.festivaldorio.com.br/br/filmes/deserto-azul

História do Cinema Brasileiro

História do Cinema Brasileiro

Qualquer interesse de envio de textos, dúvidas, opiniões, sugestões, acréscimos de conteúdo, relato de erros ou omissão de informações publicadas, entre em contato com a Coordenação Geral do História do Cinema Brasileiro pelo seguinte email: [email protected]

Um comentário em “Deserto Azul (2014)

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.